IPTU EM DIA - SÃO JOSÉ DE RIBAMAR

Prefeito de Buriti Bravo deseja a volta da censura e detona com a imprensa



O prefeito do município de Buriti Bravo, o Cid Costa (PTB), foi infeliz durante seu discurso hoje (29), durante a I Marcha Municipalista do Maranhão, evento realizado pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), em São Luís.

“Possuído pelo espírito de perseguição”, Cid foi com gosto de gás para aqueles que dão a cara a tapa e denunciam irregularidades e falcatruas nos municípios do Maranhão e do Brasil afora…

No vídeo gravado pelo Blogueiro Domingos Costa, Cid fala claramente sobre uma possível volta da censura, como nos tempos da ditadura militar.

Em contato com o Blog do Gilberto Léda, Cid Costa jurou que não defendeu a volta da censura e que estava se referindo apenas “à parte da imprensa que age com irresponsabilidade”.

Ele reafirmou a necessidade de controle, “nesses casos”, mas se negou a citar os nomes dos jornalistas ou blogueiros a quem acusa de denegrir a sua imagem ou a de outros políticos maranhenses.

“Não quero gerar polêmica”, justificou-se.


com informações do blog neto cruz

Teatro é usado como instrumento de divulgação do projeto “Mais Cultura e Turismo”

O Governo do Estado, por meio do Centro de Artes Cênicas do Maranhão, (Cacem) iniciou visitas às escolas de Santa Inês, para a mobilização da comunidade local para o projeto “Mais Cultura e Turismo” que terá início, nesta quinta-feira (29), na cidade. O programa prossegue até sábado (31), com uma vasta programação que inclui diversas atividades como exposições, recitais de poesias e shows com os cantores César Nascimento, Mano Borges e Zé Carlos da Fé.
 
A trupe do Cacem, coordenada por Ivoni Araújo está na cidade desde segunda-feira (26) fazendo o trabalho de mobilização que consiste em visita às escolas onde são realizadas apresentações, seguidas de informações sobre a natureza do evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado de Cultura (Secma) e de Turismo (Setur), com o objetivo de celebrar a diversidade da Cultura Maranhense.
 
No caminho entre uma escola e outra, Ivoni Araújo faz observações sobre as apresentações e destaca a receptividade dos alunos, reforçando a importância do contato feito com as crianças e adolescentes no processo de mobilização e divulgação do projeto, viabilizado pela ponte lúdica do teatro. “Vocês notaram como os alunos ficam durante as apresentações. Certamente muito estudantes ali estão tendo agora a primeira oportunidade de contato com o teatro e por isto ficam assim vislumbrados”, comenta.
 
Interpretando personagens muito presentes no universo do imaginário infanto-juvenil como, por exemplo, o palhaço, um dos mais procurados pelos estudantes após as apresentações, os alunos do Cacem percebem o interesse da platéia poucos segundos após entrarem nas escolas.
 
Na escola Terezinha Lopes, pertencente à rede municipal de ensino de Santa Inês, a primeira visitada pela trupe, movidos pelo entusiasmo em saber detalhes daquela novidade que quebrou a rotina da sala de aula, os alunos formaram rapidamente um círculo, no modelo dos antigos palcos gregos, para assistirem a apresentação, permeadas por brincadeiras, sempre puxadas pelo palhaço, nas quais são reforçadas as informações sobre o “Mais Cultura e Turismo” e mencionadas as atrações do evento.
 
Assim como em Mirinzal, local da primeira edição do projeto de itinerância, que até o ano de 2018 será levado a 22 cidades maranhenses, o roteiro da apresentação feita pela trupe do Cacem cuja elaboração é de autoria do professor Josimael Caldas, menciona a história da cidade de Santa Inês e suas peculiaridades e enfatiza a importância do projeto que tem, entre os objetivos, reforçar nas novas gerações o interesse pela preservação da riqueza cultural do Estado.
 
Cortejo, poesia e exposição
 
Na edição de Santa Inês, a programação do evento será iniciada, nesta quinta-feira (29), a partir das 9h, com a realização do Café com Arte, no Espaço Líbano, com recepção feita pelo grupo Samba Jazz. O evento marcará a abertura da Exposição Maranhão: Identidades e Tradições, com a presença de grandes nomes da literatura da região e terá ainda recital de poesias e apresentação das Caxeiras do Divino.
 
À tarde, a partir das 16h, começará a concentração do Cortejo Cultural realizado por grupos locais na Vila Lobato. Os artistas seguirão em cortejo pelas principais vias da cidade até chegarem a Praça da Saudade. Às 19h ocorrerá a solenidade oficial de abertura do evento, com a presença de autoridades. Logo em seguida começa o show com os artistas maranhenses Mano Borges, César Nascimento e Zé Carlos Dafé.
 
Os demais dias da programação do “Mais Cultura e Turismo” em Santa Inês incluem palestras e oficinas com foco na institucionalização da cultura, ações estruturantes como doação de livros pela Biblioteca Pública Benedito Leite, que coordena a rede estadual de bibliotecas públicas do Maranhão.

Gabarito oficial do Enem veja

Candidatos terão acesso às notas individuais na 1ª semana de janeiro. Confira os resultados das questões de acordo com as cor das provas.





(Foto: Arte/G1)

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC).

Confira abaixo:

GABARITO DAS PROVAS DE SÁBADO (24/10)
- PROVA AMARELA (sábado)
- PROVA ROSA (sábado)
- PROVA AZUL (sábado)
- PROVA BRANCA (sábado)

GABARITO DAS PROVAS DE DOMINGO (25/10)
- PROVA AMARELA (domingo)
- PROVA ROSA (domingo)
- PROVA AZUL (domingo)
- PROVA CINZA (domingo)


do g1

Pouco após ser solto foi preso novamente pela PM





Rafael Passos de Menezes, tinha acabado de sair do centro de triagem de Pedrinhas em São Luís, no caminho de casa foi preso em flagrante pela PM, quando furtava uma motocicleta no Jardim São Cristovão.

O alvará liberando o preso foi assinado pela Juíza da 1ª Vara Criminal de São Luís, Teresa Cristina de Carvalho Pereira Mendes.



O despacho autorizando a saída tem a assinatura de Rubens Ferreira Alves, Diretor do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas.

Rafael de Menezes, saiu do presídio por volta do meio-dia, duas horas depois, já estava novamente na cadeia.

A especialidade do preso no mundo do crime, segundo a polícia civil, "é no roubo de veículos". Já passou pela delegacia especializada por causa desta prática criminosa.

com informações de macial lima


PRF prende Prefeito de Lagoa Grande por porte ilegal de arma de fogo

A Polícia Rodoviária  Federal(PRF) por meio do Grupo de Policiamento Tático(GPT) com apoio da  equipe do Posto Rodoviário São Francisco em Itapecuru apreendeu uma  arma de fogo com o prefeito de Lagoa Grande, durante fiscalização de rotina no quilômetro 85 da BR-135.

Foi dada a ordem de parada ao veículo VW/Amarock de cor preta, placa-OJH 9841, conduzido por Fagner R. de Paiva,  que estava  com Jorge Eduardo Gonçalves de Melo, Prefeito do Município Lagoa Grande, interior do Maranhão.

Após revista no  veículo, os policiais encontraram  uma arma de fogo do tipo Pistola PT 138, calibre 380  ACP, com 10 munições. A pistola que é  de propriedade do prefeito está com registro vencido desde o dia 15 de setembro de 2012.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao Prefeito Jorge Eduardo  por porte ilegal de arma de fogo e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Itapecuru.

Audiência Pública em Balsas vai discutir a criação do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Maranhão (Alema), realizará, nesta quinta-feira (22), na cidade de Balsas (Ma), a primeira das três Audiências Públicas, para discutir a criação do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba. O encontro vai reunir representantes do poder público (das esferas municipal e estadual), sociedade civil (ONGs, universidades, associações) e usuários de água, além de prefeitos municipais da região integrantes da bacia, deputados e servidores do estado.
 
O comitê de bacia hidrográfica é um órgão colegiado com competências consultivas, deliberativas e normativas que atuam no âmbito da bacia hidrográfica. Esta compreende um conjunto de terras banhadas pelas águas das chuvas que se deslocam das terras mais altas para as mais baixas, formando rios menores (afluentes) que deságuam em um rio principal.
 
A Bacia Hidrográfica Interestadual do Rio Parnaíba é considerada a segunda mais importante do Nordeste brasileiro e se estende por uma área de 331.441 km2, abrangendo os estados do Maranhão, Piauí e Ceará, cuja gestão das águas fica sob a responsabilidade da Agência Nacional de Águas (ANA). No Maranhão, a Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba tem aproximadamente 19,5% de sua área, abrangendo 39 municípios, onde 11 estão totalmente inseridos em sua área de influência.
 
Considerando o alto, médio e o baixo cursos do rio, 15 municípios estão localizados no baixo (9.920,14 km2), nove no médio (9.638,44km2 e 15 no alto curso (46.927,69 km2). Os municípios mais populosos localizados na bacia do Rio Parnaíba são: Balsas, Brejo, Coelho Neto, Pastos Bons, Santa Quitéria do Maranhão, São João dos Patos, Timon e Tutóia.
 
Com a conclusão das Audiências Públicas um mínimo de 40% dos prefeitos que tenham as áreas de seus municípios incluídos no território da bacia hidrográfica, assinarão o termo de subscrição à criação do Comitê. Assim, a proposta será encaminhada ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), acompanhada de toda documentação técnica necessária. Depois de analisada, e se aprovada pelo Conselho, o Comitê será criado por meio de Decreto da Presidente da República.
 
A criação do Comitê de Bacia Hidrográfica tem resultado em benefícios ambientais, sociais e econômicos para todos os integrantes do processo de desenvolvimento da região, por meio de uma gestão participativa e descentralizada. As próximas Audiências Públicas serão realizadas em Araioses (05/11) e Timon (19.11).

São José de Ribamar: Gil Cutrim não faz a parte dele e população pagar por erros nas contas de água

Na manhã da última segunda feira (19). Os moradores da sede do município se reuniram para protocolar junto as lideranças que estão intermediando a situação da Odebrecht Ambiental sobre o aumento das contas de água pedidos de impugnação.



O representante do movimento que vem crescendo na cidade balneária Arnaldo Colaço, disse que o governo não está fazendo o que lhe é dever e que por isso a população pagar por erros que não são dela.
A última audiência publica na sede recebeu varias denúncias sobre o serviço de água e esgoto prestado pela Odebrecht Ambiental motivo de muitas críticas feita por quem compareceu na ação, o que chamou atenção foi a falta do prefeito Gil Cutrim que inclusive foi convidado pelo deputado Welligton do Curso.
A população desassistida pelo prefeito Gil Cutrim busca agora uma alternativa para tentar solucionar o aumento abusivo nas contas de água.
Com medo de represálias um dos funcionários da prefeitura que não quis de identificar também esteve no local e deu total apoio na luta " existe casa que está recebendo contas de água e esgoto onde nem sequer existe o serviço de esgoto cobrado" disse.

Charge da semana

Assaltante é linchado após assalto em São Luís

Por volta das 8:3O da manhã desta terça feira 29, próximo ao Vivare em São Luís  um motoqueiro armado assaltava sozinho na parada em frente dos apartamentos. Fazendo ronda pelo local uma viatura do C.B passou no local e assistiu a tudo. Quando o assaltante percebeu tentou se evadir do local, a viatura conseguiu o interceptar. Uma das vítimas pegou o revólver do assaltante para disparar contra o mesmo, mas foi contido pelos policiais aproveitando a situação os moradores começaram um tumulto na tentativa de linchar o ladrão.
Ele foi encaminhado para a upa do Araçagi.

Fotos: Mauro Wagner

Biblioteca Pública Benedito Leite oferece capacitação para acessibilidade

A Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL), espaço vinculado a Secretaria de Estado de Cultura (Secma), inicia, nesta terça-feira (20), uma série de atividades de capacitação em acessibilidade e inclusão para seus funcionários e para convidados dos Sistemas Estaduais e de bibliotecas locais.
 
A programação integra o projeto “Acessibilidade em Bibliotecas Públicas”, da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura (MinC), em parceria com  o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). A execução está a cargo da OSCIP Mais Diferenças.
 
Um dos cursos ministrados será de formação “Princípios das Políticas e Programas de Livro e Leitura Acessíveis e Inclusivos”. Com oito horas de duração, as aulas abordarão assuntos como as leis e diretrizes nacionais e internacionais das políticas e programas de livro e leitura voltados à acessibilidade e inclusão.
 
Na quarta-feira (21), será ministrada a primeira aula da formação “Políticas Públicas de Livro e Leitura para Todos: Gestão, Implementação e Boas Práticas”. A capacitação abrangerá práticas inclusivas, tais como atendimento a pessoas com diversos tipos de deficiência, parcerias com instituições, acervo acessível, etc.
 
A oficina, intitulada “Mediação de Leitura em Contextos Inclusivos”, está marcada para o mês de dezembro e, assim como os cursos, é reservada aos funcionários da Biblioteca e convidados. Serão apresentadas propostas de mediação de leitura que atendam os diversos tipos de público com e sem deficiência.
 
Está prevista para que, também, ocorra em dezembro a primeira das ações culturais inclusivas do projeto para a Biblioteca. Tais atividades voltam-se não somente aos funcionários da biblioteca, mas também a todas as pessoas com e sem deficiência interessadas. São atividades de mediação de leitura e sessões de cinema com recursos de acessibilidade para o público de todas as idades.
 
A segunda oficina, intitulada “Estratégias para o Desenvolvimento de Recursos Acessíveis e Inclusivos para Atendimento ao Público com Diferentes Tipos de Deficiência” está prevista para 14 de dezembro. Nesta formação, os alunos aprenderão como produzir livros e outros materiais acessíveis.
 
Desde julho, a Biblioteca Pública Benedito Leite realiza o curso básico-instrumental de Língua Brasileira de Sinais (Libras) que abriu a fase de capacitação das equipes do projeto e que tem previsão de término em outubro.
 
O Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas está em andamento desde o ano passado em 10 bibliotecas públicas. Por meio de um conjunto estruturado de ações de diagnóstico, capacitação de equipes, disponibilização de acervos em formatos acessíveis e de recursos tecnológicos, o projeto visa subsidiar a construção de políticas públicas nacionais de acessibilidade em bibliotecas.
 
No final do projeto será elaborado um relatório com sugestões de diretrizes nacionais para a área da acessibilidade e inclusão. Com isso, todas as bibliotecas do Brasil poderão ter acesso aos conteúdos, informações, instrumentos e metodologias desenvolvidos ao longo do projeto.
 
Programação
 
Outubro
20/10 – Curso “Princípios das Políticas e Programas de Livro e Leitura Acessíveis e Inclusivos”
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
21/10 – Curso “Políticas Públicas de Livro e Leitura para Todos: Gestão, Implementação e Boas Práticas” (aula 1)
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
27/10 – Curso “Políticas Públicas de Livro e Leitura para Todos: Gestão, Implementação e Boas Práticas” (aula 2)
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30.
 
 
Novembro
12/11 – Curso “Políticas Públicas de Livro e Leitura para Todos: Gestão, Implementação e Boas Práticas” (aula 3)
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30.
 
Dezembro
1/12 – Oficina: Mediação de Leitura em Contextos Inclusivos
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
2/12 – Ação Inclusiva (Sessão de Cinema e Mediação de Leitura com Recursos de Acessibilidade)
Das 10h às 12h e das 14h às 16h 
14/12 – Oficina “Estratégias para o Desenvolvimento de Recursos Acessíveis e Inclusivos para Atendimento ao Público com Diferentes tipos de Deficiência”
Das 8h30 às 13h30 e das 14h30 às 17h30
15/12 – Ação Inclusiva (Sessão de Cinema com Recursos de Acessibilidade).

Dirigentes do Iterma assinam Carta de Palmas no encerramento da 3ª Oficina de Interlocução com Órgãos de Terras da Amazônia Legal

Com a formalização da Carta de Palmas, os Institutos de Terras da Amazônia Legal, encerraram a 3ª Oficina de Regularização Fundiária da Amazônia Legal, na tarde da última sexta-feira, 16. O documento com as proposições da regularização fundiária na Amazônia Legal, será entregue, pelo governador Marcelo Miranda, à presidente Dilma Rousseff e ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.

Os dirigentes do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Mauro Jorge (presidente), Chico Freitas (Recursos Fundiários) e Korina Correa (assessora especial), participaram do evento que foi aberto no dia 14/10, em Palmas-TO, pelo governador Marcelo Miranda e reuniu representantes dos órgãos de terras do Maranhão, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Essa foi uma iniciativa do Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Terras do Estado do Tocantins (Itertins) e da Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária na Amazônia Legal (Serfal), órgão do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Durante o evento foram abordados temas como o Pacto Federativo e Responsabilidade dos Estados Amazônicos; acesso a terra, terras devolutas, cadastro e gestão territorial; política e reforma agrária: os assentamentos rurais na Amazônia; georreferenciamento, certificação rural e procedimentos administrativos e cartorários; regularização fundiária urbana de interesse social e assentamentos informais; política agrícola, créditos e desenvolvimento econômico; regularização ambiental e Cadastro Ambiental Rural (CAR) na Amazônia Legal; justiça agrária; e governança fundiária.

A Carta de Palmas é um compromisso dos órgãos de terra federais e estaduais para que sejam cada vez mais fortalecidos em sua capacidade de atuação.

Os representantes comprometem-se a atuar para que as políticas fundiárias sejam aprimoradas e valorizadas, e a buscar parcerias sólidas com os segmentos sociais interessados na construção de um ambiente de plena vigência do Estado Democrático de Direito na Amazônia.

Sendo assim, eles consideram fundamental que o conjunto do poder público e da sociedade se mobilize para a consecução das seguintes propostas específicas:
Aprimorar e parametrizar o marco legal que rege a questão fundiária nos estados e no governo federal, dinamizando a tramitação dos processos de regularização fundiária, diminuindo as divergências e incongruências e tornando mais claras as regras para todos;

Promover a superação das indefinições e sobreposições de títulos e por vezes os conflitos de interesse entre União e Estados;

Buscar meios para que no prazo de 10 anos todas as glebas públicas estaduais e federais estejam com seus perímetros georreferenciados e certificados, expediente necessário para o conhecimento e gestão desse bem público;

Promover a padronização e integração dos diferentes cadastros de terra e a vinculação dos mesmos com o registro dos imóveis, a fim de superar as constantes falhas que favorecem a grilagem e a insegurança jurídica;

Implementar, mediante cooperação Governo Federal e os Estados, um sistema modular de gestão de terras, incluindo o acervo, o georreferenciamento, a titulação e o registro;

Promover a transparência e o acesso à informação para que a população possa fazer o devido acompanhamento das políticas fundiárias;

Incentivar a participação social como elemento de fortalecimento da Governança Fundiária, na definição, execução e avaliação das políticas fundiárias;


Promover o contínuo diálogo entre os órgãos de terras, os órgãos de controle, os cartórios, os Poderes Judiciário e Legislativo, visando à identificação e superação dos problemas que afetam a política de terras na Amazônia;

Padronizar os critérios para o estabelecimento do valor de referência da terra para fins de regularização fundiária, evitando discrepâncias de valores praticados pelos governos federal e estadual;


Promover a valorização e o fortalecimento da regularização fundiária pelos órgãos de terras.

Vereador Marcelo Portela assume controle do PTN em Paço do Lumiar


Leila Melo e Marcelo Portela

A política de Paço do Lumiar teve novamente mudança na direção de partido no município, a esposa do vereador Marcelo Portela, Leila de Jesus Beserra Melo assumiu a comissão provisória do PTN - Partido Trabalhista Nacional - 19.


Com a mudança na direção da sigla, será aberto o processo de filiações e preparação de futuras candidaturas para a disputa em 2016. O partido político está aberto ao diálogo com os grupos políticos do município disse a nova presidente da comissão provisória Leila Melo.


Quem perdeu com a mudança na direção do PTN, foi o pré – candidato a prefeito Caetano Jorge, que havia confirmado que o partido ficaria na sua base. Já é o segundo partido que o pré – candidato perde em menos de um mês.







MUNICIPAL - PAÇO DO LUMIAR / MA
PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL - 19
Comissão Provisória
Dados da Composição
Início da vigência:06/10/2015Fim da vigência indeterminado
CNPJ:

Vigente
Data da Constituição:Anotado
Nº do Protocolo:415172015Data do Protocolo:06/10/2015Data da decisão/despacho:16/10/2015
Endereço:
Logradouro:RUA 40, QUADRA 56, Nº 27Complemento:
Bairro:MAIOBÃO
CEP:65.130-000
Telefones:(98)8805-3685Celular:(98)9605-4191
Fax:
E-mail:rochaportela@ig.com.brMunícipio:PAÇO DO LUMIAR
Site:
Informações
Certidão da Composição
Membros ativos
Membros
NomeCargoResp. Adm.Resp. Fin.InícioFimSituação
ELIZABETHE ARAUJO NUNES GARCEZTESOUREIRO
-
06/10/2015ATIVO
FRANCISCO CHAGAS CARVALHO CUNHAVICE-PRESIDENTE
-
-
06/10/2015ATIVO
LEILA DE JESUS BESERRA MELOPRESIDENTE
-
06/10/2015ATIVO
MANOEL ANTONIO ROCHA FONSECASECRETÁRIO
-
-
06/10/2015ATIVO
MONICA ROSARIO PEREIRA PINHEIROVOGAL
-
-
06/10/2015ATIVO


com infomações de rilton silva

IMESC participa da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

O Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) participará da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2015 que será realizada de 19 a 25 de outubro, em todo o Maranhão. O evento é realizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).
 
Palestras, oficinas, minicursos, exposições de trabalhos, exposições de pôsteres, visitas e mesas de diálogo fazem parte da programação do evento, e serão abertos ao público. O IMESC leva a oficina “Conhecendo o Maranhão: acesso às bases de dados oficiais”, no próximo sábado dia 24, ministrado pelo economista do Instituto,Dionatan Silva Carvalho. Serão apresentadas as diversas bases de dados Conjunturais e Estruturais que oferecem informações sobre o Maranhão; as formas de acesso a esses dados e suas limitações. A oficina acontece no Auditório do Curso de Medicina (ILA) da UFMA, das 8h às 11h30.
 
Ainda no sábado, 24, o presidente do IMESC, Felipe de Holanda, irá ministrar palestra no Auditório “Vida”, com o tema: “Radiografias do Maranhão: Conhecendo e Trabalhando com o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC)”, a partir das 15h.
O gestor vai abordar os trabalhos que são desenvolvidos pelo Instituto e sua orientação estratégica, que contribui para o planejamento oferecendo suporte para o monitoramento, avaliação e subsídios para as políticas de desenvolvimento do Estado com sustentabilidade.
 
Sobre a Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão
 
A Semana de Ciência e Tecnologia, que visa valorizar os pesquisadores e aproximar a sociedade do que é produzido no meio estudantil e acadêmico, está na sua décima segunda edição e traz como tema “Luz, Ciência e Vida”. Em São Luís, o evento coordenado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, terá sede na Praça Maria Aragão. Com o apoio de entidades estaduais e federais, a Semana se estende para todo o interior do Estado. Palestras, Oficinas, Minicursos, Exposições de Trabalhos, Exposições de Pôsteres, Visitas e Mesas de diálogo fazem parte de uma programação diversificada e gratuita, que pode ser acessada por todos!
 
A Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão é simultânea à Semana Nacional, organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e busca despertar o interesse de crianças e jovens para a área, além de disseminar conhecimento. Extrapolando os muros das instituições, as pesquisas e experiências científicas dos maranhenses são um convite para quem passa. Como resultado, a sociedade tem acesso a soluções de problemas diários que surgem em espaços compartilhados como escolas, bairros, universidades e praças.

Fundo Internacional Agrícola apresenta estratégias de atuação no MA

O Maranhão foi escolhido pelo Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola (Fida) para integrar a missão da instituição nos próximos cinco anos no Brasil. Nesta sexta-feira (16) os representantes do Fundo Internacional apresentaram ao governador Flávio Dino as linhas de atuação do Fida para o estado.

Combater a fome, fortalecer a segurança alimentar nas comunidades rurais, gerando emprego e renda nos municípios maranhenses foram alguns dos temas apresentados pelos representantes do Fundo Internacional ao Governo do Estado.

O projeto abrange atuação nas comunidades rurais do Baixo Parnaíba, Cocais, Campos e Lagos, Lençóis Maranhenses, Médio Mearim e Vale do Itapecuru. Uma das prioridades da instituição é atuar nos municípios maranhenses que possuem os menores índices sociais.

As novas políticas fiscais e as políticas de combate às desigualdades sociais no Maranhão têm atraído novos investidores para o estado. “Nós vemos que o atual Governo tem uma forte determinação e intenção de reduzir a pobreza rural”, disse o gerente de programas do Fundo Internacional na América Latina, Paolo Silveri.

Durante toda a semana, os representantes do Fundo, órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), conheceram as experiências em produção Agrícola Familiar no Maranhão. A equipe técnica visitou escolas agrícolas, cooperativas de pequenos produtores e participou de reuniões com os movimentos sociais, técnicos rurais e organizações dos agricultores familiares.

Para o oficial de programa do Fundo Internacional, Hardi Michael, o conjunto de ações de combate à pobreza rural e a política fiscal do Maranhão têm sido fatores decisivos para atrair os novos investimentos para o estado. Na sexta-feira (16), os representantes do Fundo Internacional apresentaram ao governador Flávio Dino um memorando com as linhas de atuação para o estado, para em seguida, oficializar o acordo de cooperação técnica com o Governo do Estado.

“Este é um momento histórico e especial para todos nós. Graças à troca de experiências com outros estados, hoje presenciamos mais um dia importante, em que damos mais um passo para o desenvolvimento do nosso estado”, disse o secretário estadual de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

Com sede em Roma, na Itália, o Fundo Internacional Agrícola atua há 30 anos no Brasil, beneficiando mais de 257 mil famílias no país. Em visita ao Maranhão, os representantes do Fida conheceram associações rurais, dentre elas a Cooperativa dos Pequenos Produtores Agroextrativistas de Lago do Junco Ltda. (Coppalj), única produtora de óleo orgânico de babaçu no país, que conta com mais de 160 famílias beneficiadas pela comercialização do produto com gigantes da indústria cosmética no mundo.

Incêndio atinge Fórum de Santa Inês







Um incêndio de grandes proporções tomou conta do Fórum de Santa Inês na noite desta sexta-feira (16).

Segundo as primeiras informações, o fogo atingiu veículos apreendidos pela Justiça, num estacionamento localizado nos fundos do prédio.

A juíza Karine Reis, junto com funcionários, retiraram processos do prédio para evitar danos.

Não há registro de feridos ou de que o fogo tenha atingido os arquivos ou os gabinetes.

Os Bombeiros já foram acionados.

com informaoes de gilberto leda

DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO CONVIDA MORADORES DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR PARA AUDIÊNCIA QUE DISCUTIRÁ TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO



O vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), convida a sociedade para Audiência Pública, solicitada por ele, que discutirá sobre o aumento abusivo nas tarifas de água/esgoto em Paço do Lumiar e Ribamar.
Fundamentando o convite, o parlamentar ressalta, ainda, as principais reivindicações da população dos municípios, dentre elas o aumento exorbitante nas tarifas de água/esgoto, além da constante falta d’água no local.
“Realizamos no dia 15 de setembro uma audiência em Paço do Lumiar para ouvir a população que denunciou o exorbitante aumento nas tarifas de água/esgoto, bem como a prestação de serviços da Odebrecth. No entanto, a fim de que possamos ouvir o cidadão que está sendo lesado, realizaremos outra audiência, desta vez em São José de Ribamar, para que possamos ter plena ciência da reivindicação não apenas dos luminenses, mas também dos ribamarenses. O que nos motiva não é a simples realização de audiência, mas a possibilidade de acabar com essa maldade com a população, enfatizando assim o que é devido a todo cidadão: o respeito”, afirmou Wellington.
A Audiência Pública acontecerá na próxima quinta-feira (08), às 14 horas, na Escola CAIC, em São José de Ribamar e contará com a representatividade da Empresa Odebrecht, do PROCON, da Defensoria Pública, do Ministério Público, dentre outros.

Lançamento da Campanha Outubro Rosa marca Todos por São Luís no Coquilho

O programa Todos por São Luís deste sábado (3), no Coquinho, zona rural do Município, foi marcado pelo lançamento da campanha Outubro Rosa, de prevenção contra o câncer de mama e colo do útero. O lançamento é fruto da parceria entre a Prefeitura e governo do Estado, que proporcionou pela primeira vez no programa os serviços da carreta da Mulher e o laboratório de exames de mamografia.

O prefeito Edivaldo participou da culminância do evento durante a manhã deste sábado, acompanhado da primeira-dama do Município e coordenadora geral do programa Todos por São Luís, Camila Holanda, pela secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinto, e do secretário adjunto estadual de Saúde, Carlos Lula.

"Nós estamos iniciando oficialmente hoje aqui no Coquilho esta força-tarefa de ações, de sensibilização e mobilização, porque entendemos que os exames, a prevenção e o conhecimento são métodos eficazes e que devem ser disseminados. Estamos empenhados neste trabalho de conscientização e no cuidado integral da saúde feminina, durante a campanha do Outubro Rosa, mas também no dia a dia em nossa rede", comentou o prefeito Edivaldo.

O reforço da Carreta da Mulher, da Ouvidoria da Secretaria de Estado da Mulher, com a carreta de mamografia da Coordenadoria da Mulher da Secretaria de Estado da Saúde, atraiu um grande número de mulheres da região. Os dois equipamentos do governo estão a serviço do programa Mulher Maranhense. Em São Luís, durante o Outubro Rosa serão realizadas atividades até o dia 31 de outubro quando acontecerá o encerramento da campanha na Avenida Litorânea. Até lá, devem acontecer ainda programação conjunta da prefeitura e governo do Estado nos bairros Vila Nova, no dia 28; Hospital da Mulher, no dia 29, e na Cidade Operária, no dia 30.

Nesta primeira etapa da campanha Outubro Rosa, foram distribuídas senhas para mulheres com idade superior a 50 anos para realização de exames na carreta da mamografia. Na Carreta da Mulher, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) procederam atendimentos para exame preventivo (papanicolau), consulta clínica em geral, além das palestras sobre a prevenção do colo do útero e da mama, e esclarecimentos da Lei Maria da Penha.

"É mais uma gesto da Prefeitura no sentido de aproximarmos os serviços da administração municipal das populações. Este tem um significado especial pelo lançamento da campanha Outubro Rosa, parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura. Temos muito a agradecer ao governador Flávio Dino por essa parceria que tem dado bons resultados", disse a coordenadora Camila Holanda.

OUTROS SERVIÇOS
Os serviços de saúde foram bastante requisitados pela população. Afora os voltados para a mulher, a grande demanda foram para as consultas oftalmológicas. O Maranhão é um dos estados com cobertura mais baixa de mamografia no país. Segundo dados oficiais, a cobertura chega a apenas 7% da população alvo. Roseana de Jesus Santos, moradora da Santa Clara se inscreveu para realizar pela segunda vez o exame. "Acho muito bom o acesso que temos à consulta e exame. Da primeira que fiz, tive que esperar por vários dias para somente então fazer o exame que considero importante para toda mulher", disse a dona de casa de 32 anos.

Os moradores também contaram com serviços de estética e oficinas de capacitação; atendimentos jurídico e do Cras/Creas, nos quais receberam informações sobre Cadastro Único, recadastramento do NIS e orientações sobre o Bolsa Família. Também foi disponibilizada à população emissão de carteira de trabalho e do SUS.

Para as crianças, a Prefeitura ofereceu uma diversidade de atividades culturais, de esporte e lazer, como recreação, torneios de futebol, programa "Brincando nos Bairros", entre outras. O público infantil presente no evento também pode participar das rodas de leitura e artes, pintura em rosto, contação de histórias, oficinas de desenho, dança, jogos e se divertir no Carro Biblioteca.

Além da comunidade do Coquilho, a edição do Todos por São Luís deste sábado atendeu moradores de cerca de dez comunidades da zona rural, como Andiroba, Mato Grosso, Cajupari, Cajupe, Santa Clara, Vila Conceição e Tajupuru, além do Coquilho I e II.

Sampaio Corrêa e Botafogo empataram em 2 a 2 no Castelão


Globoesporte.com – Só acaba quando termina. O clichê seguiu-se à risca na noite desta sexta-feira. No último minuto dos acréscimos do segundo tempo, aos 50 minutos, Jefferson fez uma defesaça, a bola bateu na trave, mas, na terceira tentativa, Edimar chutou para o fundo da rede e assegurou o empate em 2 a 2 do Sampaio Corrêa com o Botafogo no Castelão, pela 29ª rodada da Série B. Pelo lado alvinegro, Neilton e Navarro, a dupla mais efetiva da equipe, marcaram. Jheimy, em posição de impedimento, fez o outro do Sampaio.

Apesar do empate, o Alvinegro segue líder da Série B, agora com 56 pontos. O Sampaio Corrêa, por sua vez, subiu uma posição e agora está em 6º, com 46 pontos. O próximo jogo do Bota será pela 31ª rodada, contra o Bragantino dia 17, no Nilton Santos, às 16h (de Brasília). O time maranhense, por sua vez, encara o Luverdense, no Passo das Emas, às 21h30 do dia 6.

O Sampaio era melhor em campo, chegava à frente, apostava, arriscava. Mas não era efetivo. Quase não levava perigo. Em uma bola apenas, o Botafogo foi quem abriu o placar, com Neilton. Mesmo com o placar favorável, o panorama se manteve. Eram os donos da casa quem comandavam as ações. No segundo tempo, Jheimy, em impedimento, fez o do empate. Mas Navarro, cinco minutos depois, voltou a deixar o Botafogo à frente. A equipe de Ricardo Gomes, no entanto, atuou mal e acabou cedendo o empate no último minuto do acréscimo. Empate justo em uma partida fraca.

No Castelão, 27.246 assistiram a partida, sendo 21.436 os pagantes. A renda da partida foi de R$ 588.330,00.

Encontro lançará o professor José Maria como pré-candidato a prefeito de Humberto de Campos/MA

Moradores e várias lideranças de Humberto de Campos já confirmaram sua presença no próximo dia 10, onde na ocasião será lançado a pré-candidatura do professor José Maria no município.

José Maria, destaca que o evento “é parte da estratégia para as eleições de 2016 e servirá principalmente para fortalecer a sua base e convida os moradores para fazerem parte deste projeto"

No encontro também será lançado alguns pré-candidatos a vereador que decidiram apoiar José Maria nessa nova empreitada.

O local e horário do evento ainda não foi definido, a assessoria de José Maria informou que nos próximos dias divulgará, o professor disse estar preparado para assumir este desafio e continuará a lutar para que Humberto cresça.

PROGRAMA DANIEL DE JESUS - TV METROPOLITANA 58 E TV ALTERNATIVA 35

Participe de nossa programação envie sua sugestão de pauta ou denuncia para 98 981913020 Whatsapp.