13 janeiro 2015

TRE -MA faz remontagem de votos e garante vaga a Julião Amim



A nova diplomação de Julião Amim ocorrerá após publicação no Diário da Justiça Eletrônico do Relatório Geral das Eleições 2014 relativo ao primeiro turno, provavelmente na próxima quarta-feira. Já a de Deoclides Macedo, que assumirá a vaga deixada por Amim, será na primeira sessão do órgão, prevista para o dia 27 de janeiro quando também deverá o TRE aprovar a prestação de contas prestação da campanha de Deoclides que já se encontra com parecer a favor do setor técnico do TRE e do Ministério Público Eleitoral - MPE.

Participaram do ato, além dos desembargadores Froz Sobrinho (presidente do TRE-MA) e José Eulálio Figueiredo de Almeida (ouvidor), representantes de partidos políticos, advogados das partes, Dr. Marco Aurélio Gonzaga santos e Dr. Carlos Lula, além de representantes do Ministério Público Eleitoral.

Fé e persistência

Durante toda a campanha Deoclides "sangrou", lutando contra aqueles até mesmo dentro do seu próprio grupo, no chamado "fogo amigo", tentavam demover o eleitorado maranhense a votar no que erroneamente chamavam de "Ficha Suja". De cabeça erguida, Deoclides não desistiu e seguiu com sua campanha e mesmo depois da eleição continuou lutando pela validação de seus votos.

Em contacto com este jornalista Deoclides disse que essa foi uma grande vitória, não apenas pessoal, mas também daqueles que acreditaram em sua palavra, a de que era candidato e que seus votos seriam válidos, afinal nada havia que lhe tirasse o direito de ser votado e escolhido pelo povo para representá-lo.

"Essa vitória não é só minha mas de todos que acreditaram em nossa pregação e que o tempo todo foram solidários comigo nesta luta, torcendo, orando e rezando por justiça. Agradeço a Deus e a vocês por tudo isso", disse Deoclides afirmando que está otimista, confiando que o Supremo Tribunal Federal (STF) vai finalmente por fim a essa peleja dando ganho de causa à vontade do povo, de que ele seja "um grande representante do Maranhão na câmara dos deputados". (Com informações do site do TRE-MA)