22 novembro 2014

DOIS POLICIAIS MILITARES E UM ASSALTANTE MORREM EM TENTATIVA DE ASSALTO EM MOCAJITUBA PAÇO DO LUMIAR




Dois policiais militares e um assaltante morreram em confronto durante uma tentativa de assalto, na manhã deste sábado(22), na rodovia de acesso ao Porto do Mocajituba, em São José de Ribamar. Os policiais mortos são Johnny David Chapui Araújo e José Davi Sousa Du Vale, que ingressaram na PM neste ano, lotados no Batalhão de Choque.





Soldado PM José Du Vale

Pelas informações de policiais, quatro PMs, que haviam deixado o plantão na manhã deste sábado, decidiram comemorar o nascimento do filho de um deles na residência de um familiar, na localidade Porto do Mocajituba. No momento em que um dos policiais saiu para comprar cervejas, chega um elemento pedindo água para, em seguida, anunciar um assalto, usando um revólver calibre 38. Ele queria levar a moto de um dos policiais. O soldado Du Vale se atracou com o assaltante e o matou a tiros. Em seguida, apareceram mais dois assaltantes que passaram a disparar contra os PMs, que não tiveram mais como reagir, pois apenas o policial Du Vale estava armado. Apenas o policial Oliveira conseguiu escapar do ataque dos assaltantes.


PM David Chapuí



O Cel. Ivaldo Barbosa, tio do policial Johnny Araújo, estava inconsolável, lamentando a morte de mais dois integrantes da corporação. Ele defende que a polícia volte a intensificar as ações de combate à criminalidade e espera que esses crimes não fiquem impunes. Johnny, que residia no Maiobão, deixa esposa e um bebê de poucos meses.


Os assaltantes ocupavam um veículo Celta, de cor branca, placa HJL-4746, que teria sido encontrado na região do Maiobão. Os assaltantes seriam moradores de São José de Ribamar. A polícia continua as operações para tentar capturar os outros integrantes do bando. Um deles teria sido baleado no tiroteio e pode dar entrada em alguma unidade de saúde da região metropolitana. A caçada aos fugitivos conta com o apoio do helicóptero do GTA.





Os coronéis Marco Antônio Alves e Raimundo Sá, comandante e subcomandante da PM no governo Flávio Dino, respectivamente, estiveram no local onde os dois policiais foram mortos. Em conversa com jornalistas, o Cel. Sá disse que é preciso aumentar as ações de combate à criminalidade e que espera que esses sejam os últimos policiais mortos por bandidos.

O assaltante que foi morto nessa tentativa de assalto teria saído do presídio de Pedrinhas havia poucos dias. Ele seria autor de três homicídio, mas estava em liberdade.





 

com informação de gilberto lima