SUSPEITO DE DISPARAR EXPLOSIVO QUE ATINGIU CINEGRAFISTA SE APRESENTA A POLICIA

O homem suspeito de portar o dispositivo que atingiu cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, no protesto que acontecia no Rio de Janeiro contra o aumento de tarifas, se apresentou a policia na madrugada de sexta para sábado, o homem foi flagrado em imagens da TV Brasil, ele disse que não conhecia o manifestante para quem teria dado o explosivo e que foi essa pessoa que colocou no chão e depois o acendeu, diz ainda que encontrou o explosivo no chão e ficou portanto o mesmo até entregar para o elemento.

Ele negou ao delegado que conheça esse elemento, mas eu não acho coincidência que os dois tenham usado camisa cinza, o que leva a crê que fazem parte de algum grupo, talvez do Black Bloc, mas que usam vestimenta diferentes para afastar as suspeitas. disse o delegado.

“ Meu nome é Fabio. Eu estava ontem na manifestação contra o aumento das passagens. Sim, eu era. AS fotos que foram apresentadas nas mídias era eu sim. Eu era o de camisa, bermuda e tênis, com as tatuagens. Era eu passando o artefato para o outro individuo, mas o artefato não era meu, quero deixa isso bem claro. Logo que eu cheguei, houve um corre-corre e eu fui até lá para ver o que tinha acontecido e estava tendo um confronto entre manifestantes e alguns policias militantes’ disse o rapaz.
Fabio também diz que é tatuador e que no meio da confusão encontrou a bomba caída no chão “Nesse corre-corre, eu vi que um rapaz correndo deixou uma bomba cair. Uma bomba, não sei o que é, um negocio preto assim. Eu peguei e fiquei com ela na Mao. Este outro cara veio falou para mim: passa pra mim que eu vou e jog. E peguei e passei para ele Foi só isso mesmo.

O suspeito se apresentou com o nome de Fabio na companhia de um advogado após prestar seu depoimento foi liberado pela policia, o delegado do 17º DP Mauricio Luciano, disse que as providencias necessárias serão tomadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!