NATAL TRAGICO NO ESPIRITO SANTO: SOBE PARA 18 O NÚMERO MORTOS

A presidente Dilma Rousseff sobrevoou, a região afetada pela chuva forte que atinge o Estado desde o fim da semana passada.

O Corpo de Bombeiros do Espírito Santo confirmou, na tarde desta quarta-feira, que o número de mortes provocadas pelas chuvas que atingem o Estado desde a última semana chegou a 18. Segundo a corporação, três corpos foram encontrados hoje, dois na cidade de Colatina e um em Barra de São Francisco.

Agora, Colatina é o segundo município com o maior número de mortes no Estado, com cinco casos registrados. Em primeiro lugar aparece a cidade de Itaguaçu, com oito vítimas. Ainda foram registradas mortes em Nova Venécia (1), Baixo Guandu (2) e Domingos Martins (1).

Segundo último boletim divulgado pela Defesa Civil, nesta terça, o Estado já registra mais de 49 mil desabrigados ou desalojados por causa das tempestades. A estimativa é que 20 mil quilômetros de estradas tenham sido destruídos e danificados pelos temporais, que atingiram mais fortemente 50 dos 78 municípios do Estado.

As orientações da Defesa Civil são para que a população que vive nas áreas de risco vá para um local seguro; fique atenta à movimentações de terra; tenha em mãos o telefone da Defesa Civil no município; evite áreas alagadas, terrenos acidentados, locais em que há buracos, bueiros abertos e fiação elétrica exposta. O órgão alerta que trincas no chão, inclinação de cercas, postes e árvores são indícios de deslizamento - a orientação é para que, nesses casos, o local seja abandonado imediatamente.

O população atingida pode solicitar atendimento por meio do número de emergência 193.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!