Mulher tenta romper bloqueio em frente à Casa Branca e é morta durante perseguição nos EUA






Da Agência Brasil
Brasília - O tiroteio ocorrido em frente ao Congresso dos Estados Unidos, em Washington, teve início depois que uma mulher furou um bloqueio policial. De acordo com a polícia local, a mulher morreu durante a perseguição. O caso é tratado como isolado pelas autoridades norte-americanas tendo sido, portanto, descartada a hipótese de ato terrorista.
Segundo relatos, a mulher dirigia um carro preto e não respeitou a barreira de segurança em frente à Casa Branca. As informações indicam que ela tentou fugir e que houve perseguição, com participação de, pelo menos, 20 carros, além de disparos de arma de fogo já em frente ao Congresso. Não há informações de que a suspeita estivesse armada.
Imagens difundidas pelas cadeias de televisão norte-americanas mostraram diversas viaturas da polícia e dezenas de agentes nos arredores do Congresso. Uma rua adjacente ao prédio do Capitólio foi fechada ao tráfego por barricadas da polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!