FESTIVAL GEIA DE LITERATURA COMEÇOU HOJE EM RIBAMAR


Tem início nesta quarta-feira (28) na Sede do município de São José de Ribamar a 9ª edição do Festival Geia de Literatura, iniciativa promovida pelo Instituto Geia e que conta com o apoio da Prefeitura ribamarense. A programação está disponível no www.geia.org.br

Durante três dias – o Festival tem prosseguimento na quinta (29) e sexta-feira (30) – estudantes das redes municipal, estadual e particular de ensino da cidade terão acesso a uma vasta programação educativa e literária, composta de palestras, oficinas, concursos, lançamentos de livros.

O evento reúne intelectuais, escritores e poetas que se dispõem a manter um contato próximo e estreito com os participantes, criando uma empatia, cuja intenção é a valorização da literatura. Realizado anualmente, sempre na última semana de agosto, o Festival Geia promove, ainda, o 4º Concurso Professor Pesquisador, o 3º Prêmio de Monografia, a 4ª Olimpíada de Matemática e o 5º Desafio de Literatura.

Este ano, a organização do Festival Geia de Literatura escolheu os livros A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga, e O Cortiço, de Aluísio Azevedo, para serem estudados pelos alunos que participarão do Desafio de Literatura.

A primeira obra é destinada aos competidores do Ensino Fundamental e a segunda, aos alunos do Ensino Médio. De caráter competitivo, o desafio é realizado entre escolas das redes pública e particular de ensino.

O Concurso de Professor Pesquisador analisará não trabalhos individuais, mas projetos pedagógicos desenvolvidos pelas escolas. Além destes, há ainda o Prêmio de Monografia destinado a trabalhos nas áreas de Literatura, História e Ciências Sociais de instituições de ensino superior, públicas e privadas do Maranhão; e a premiação da Olimpíada de Matemática, cuja disputa aconteceu entre alunos do 6º e 7º anos (nível I); do 8º e 9º ano (nível II) e Ensino Médio (nível III).

O Festival permite aos visitantes um leque de opções que vão desde a participação em oficinas, contato com escritores que ministram palestras durante o evento e visita a estandes de livros. Além disso, há apresentações de peças teatrais, que acontecem nas escolas que sediam ações do festival.

Nos três dias de evento em São José de Ribamar há intensa participação das escolas públicas e particulares do município, cujos alunos integram as equipes competitivas e também participam de oficinas, palestras e demais atividades. Mesmo tendo como público-alvo a cidade de São José de Ribamar, o festival, por sua característica democrática, abre espaço para estudantes de São Luís e outras localidades.

A programação será realizada no Ginásio Patronato São José, Curso Pré-Vestibular Municipal, Liceus Ribamarense I e II, Unidade Escolar Diomedes da Silva Pereira e Praça da Matriz.

Lançamentos – Nesta edição, o Festival Geia de Literatura terá dois lançamentos de livros de autores maranhenses e que integram a Seleção Geia de Temas Maranhenses. São as obras Dr. Bruxelas & Cia, de Fulgêncio Pinto, que será lançada às 17h30 de quarta-feira, e Os Atenienses, de Ricardo Leão, cujo lançamento será quinta-feira, também às 17h30. Os eventos ocorrerão na Praça da Matriz.

O livro Dr. Bruxelas & Cia é a segunda edição do único livro de Fulgêncio Pinto, que foi lançado em 1924. Trata-se de uma publicação que retrata os costumes de uma São Luís do início do século passado e cuja edição atual será autografada pela cantora Flávia Bittencourt, que é neta do autor.

Já Os Atenienses, de Ricardo Leão, foi agraciado, em 2012, com Prêmio de Ensaio e Crítica Literária, da Academia Brasileira de Letras. O livro é a edição da tese de doutorado de Leão, baseada em pesquisa de fontes primárias e em sólida bibliografia especializada voltada para a formação da cultura letrada maranhense das primeiras décadas do século XIX. A comissão julgadora que premiou a obra foi composta por grandes nomes da crítica literária brasileira, como Alfredo Bosi, Eduardo Portella e Antonio Carlos Secchin.

Mais

Criado em 2005, o Festival Geia de Literatura é uma realização do Instituto Geia com patrocínio das empresas Alumar, Vale, Mardisa, Supermercados Mateus e Toyolex. O apoio é da Prefeitura de São José de Ribamar, Faculdade Fama/Pitágoras e Sistema Mirante.

O objetivo do evento é incentivar o hábito da leitura entre os alunos ribamarenses das redes municipal, estadual e privada de ensino.

O Instituto Geia é uma Organização Não-Governamental sem fins lucrativos, fundada em setembro de 2000, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão de entidades que praticam o trabalho voluntário e para o desenvolvimento de projetos voltados ao exercício da cidadania.

Este ano participam, de forma voluntária, 53 estudantes de São José de Ribamar e das faculdades Fama/Pitágoras, UFMA, Uema e Universidade Ceuma.

Participarão da feira de livros as livrarias Moderna, Prazer de Ler, Vozes, Paulus, DML e Filadélfia.
 


Com informações do site do Instituto Geia (www.geia.org.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!