Deputados devem votar fim do voto secreto hoje


Líderes da base aliada do governo decidiram, nesta terça-feira (6), apoiar a decisão de analisar as propostas de emenda à Constituição que acabam com o voto secreto de parlamentares. Os textos são diferentes. Alguns acabam com qualquer possibilidade de voto fechado, outros permitem o voto secreto só em alguns casos. Por isso, ainda não existe um consenso sobre a decisão. Porém, a análise pode ocorrer ainda hoje.
Já a votação do projeto de lei que fala sobre a destinação dos royalties do petróleo para educação e saúde foi adiado para a próxima semana. A decisão aconteceu depois de cerca de três horas de reunião com a presidente Dilma Rousseff, que aconteceu nesta segunda-feira (5).
PEC do Orçamento Impositivo deve ser votada nesta terça-feira em comissão da Câmara


O projeto dos royalties é o primeiro item da pauta de votações do Plenário nesta semana e tranca a pauta de votações, impedindo a análise de outros projetos.
O principal ponto de disputa sobre o texto diz respeito à aplicação dos recursos do Fundo Social do pré-sal. O governo defende a aplicação, em educação e saúde, de 50% dos rendimentos do fundo, prevista na redação do Senado; enquanto grande parte dos deputados defende o texto da Câmara, que determina o investimento de 50% do total do fundo em educação, para cumprir as metas do PNE (Plano Nacional de Educação), e em saúde, na forma do regulamento.

 com informação da agencia câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!