Chaguinhas renuncia e PRP fica sem liderança!


Chaguinhas
Por sentir um grande desrespeito por parte da direção nacional do seu partido, cujo presidente é Ovasco Rezende, o vereador Francisco Chaguinhas ocupou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís, para fazer um discurso inflamado, quando fez o comunicado de sua renúncia a presidência do Diretório Regional do PRP. No seu pronunciamento renunciatório, ele foi enfático ao afirmar que o principal motivo para deixar a agremiação republicana foi “a total falta de respeito do presidente nacional do PRP para com o partido aqui no Maranhão”.
Francisco Chaguinhas integra as fileiras do PRP há cinco (05) anos, e exerceu a presidência da agremiação dois anos e meio, tendo bancado, juntamente com o vereador Nato, toda a estrutura do partido no Estado, como aluguel de imóvel para abrigar a sede perrepista, pagamento de funcionários e viagens a diversos municípios maranhenses, e até interestaduais. “Renuncio a presidência do PRP, mas oficializo o meu desligamento do partido quando o presidente nacional me dê a minha carta de anuência”, afirmou ele.
Demonstrando bastante indignação, Francisco Chaguinhas disse que “se o presidente nacional, que é o verdadeiro dono do PRP, faça a nomeação de um novo gerente do partido aqui, já que nos estados os presidentes apenas são os gerentes”. Dando continuidade a sua argumentação, ele enfatiza que ao exercer a direção estadual, filiado a determinado partido apenas cumpre a vontade daquele que se acha proprietário do mesmo.
Formação de quadrilha – Ainda sobre a organização de pequenos partidos nos estados, Francisco Chaguinhas disse que “a maioria desses que criam partidos não passa de formadores de quadrilha, que organizam essas agremiações para depois, conforme seus interesses, venderem”. Completando, ele assegura tratar-se “de verdadeiros quadrilheiros, que agem dessa forma para criar um partido e depois vender”.
(Da Assessoria do vereador)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!