Previsão de gastos em candidaturas de cinco cidades é superior a R$ 66 mi

Leavantamento foi realizado na capital, Imperatriz, Ribamar, Timon e Caxias.
Só em São Luís, oito candidatos preveem gastar R$ 34,55 mi.


com informações do G1 MA

Um total de 37 candidatos às prefeituras das cinco cidades mais populosas do Maranhão pretende gastar mais de R$ 67 milhões durante a campanha eleitoral. Destes, os maiores gastos foram previstos para a disputa em São Luís, enquanto que os menores em São José de Ribamar.
Os cálculos foram realizados levando em consideração as informações prestadas pelos próprios candidatos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do Sistema DivulgaCand2012. O atual prefeito da capital maranhense, João Castelo Ribeiro Gonçalves, pretende conquistar a reeleição com um orçamento de R$ 20 mi, mais do que o previsto pelos 12 candidatos que participarão das eleições para Imperatriz e São José de Ribamar, segunda e terceira cidades mais populosas do Estado, respectivamente.
O segundo candidato com maior previsão orçamentária de campanha é atual vice-governador Washington Oliveira, também candidato em São Luís. De acordo com o TSE, ele pretende gastar na campanha R$ 8 mi. Somando os outros candidatos da capital, Tadeu Palácio ( R$ 2 mi), Edivaldo Holanda Jr. (R$ 2,5 mi), Edinaldo Neves (R$ 1 mi), Eliziane Gama (R$ 500.000), Haroldo Saboia (R$ 500.000) e Marcos Silva (R$ 50.000), essa quantia chega a R$ 34.550.000.
saiba mais
  • Candidatos das capitais preveem gasto de até R$ 1,2 bi em campanhas
Segunda cidade com a maior população do Estado, segundo o IBGE, Imperatriz é a cidade com mais candidatos à sucessão municipal: nove. Eles preveem um gasto total de R$ 11,86 mi, sendo que o maior orçamento apresentado é o da candidata Rosângela Barros, R$ 5 mi, maior até que o do prefeito Sebastião Madeira, que declarou utilizar até R$ 3 mi. Outra candidatura na cidade a ultrapassar a barreira de um milhão de reais é a do deputado estadual Carlinhos Amorim, que informou ao TSE gastos da ordem de R$ 2 mi.
Já os três candidatos de São José de Ribamar Arnaldo Colaço, Gil Cutrim e Júlio Filho, pretendem gastar cada um R$ 1 mi. Em Timon, na fronteira com o Piauí, os deputados estaduais Luciano Leitoa e Alexandre Almeida apresentaram orçamentos de R$ 5 mi e R$ 950 mil, respectivamente. A candidatura de Edivar Ribeiro tem orçamento de R$ 1.500.000 e a de Miguel da Costa Filho, R$ 50.000.
Em Caxias, a maioria das candidaturas apresentou orçamento na casa dos milhões. Mundico Teixeira pretende gastar R$ 3 mi; Paulo Marinho Jr., R$ 2,5 mi; Léo Coutinho, R$ 2 mi; e Helton Mesquita, R$ 3 mi. Somente Agostinho Neto (R$ 50.000) e Herbert Dete (R$ 150.000), apresentaram orçamentos mais modestos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!