CANDIDATO À PREFEITO EM RIBAMAR PLAGIA PLANO DE GOVERNO DE CIDADE PAULISTA

BOMBA! CANDIDATO À PREFEITO EM RIBAMAR PLAGIA PLANO DE GOVERNO DE CIDADE PAULISTA
Candidato a prefeito no município de São José de Ribamar, o advogado Arnaldo Colaço (PSB) virou motivo de piada na cidade e, com toda certeza, tem tudo para virar também na Rede Mundial de Computadores.
 
Tentando apresentar propostas de governo objetivas e com soluções inovadoras para o município – o terceiro maior do Maranhão em número de habitantes – Colaço começou a campanha enganando os poucos eleitores que o ouvem, ao copiar da Internet o Plano de Governo de São Bernardo do Campo, cidade paulista onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) iniciou sua vida pública.
 
A tentativa de trapaça só deu errado porque Colaço sequer teve o trabalho de ler o referido Plano de Governo que ele registrou oficialmente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em um ato mais do que infantil, para não dizer outra coisa, preferiu apenas ser adepto do control c, control v.
 
O candidato socialista promete no documento as seguintes realizações em São José de Ribamar, caso seja eleito: “atuar para garantir extensão da linha do metrô para São Bernardo”; “preparar a cidade para os impactos do Rodoanel”; além de “implantar uma subprefeitura na região do Grande Alvarenga, Riacho Grande e Rudge Ramos, bairros situados no próprio município de São Bernardo do Campo”. 
 
Tal desleixo despertou a curiosidade do Ribamais e, por este motivo, resolvemos testar a legitimidade da autoria do Plano de Governo proposto por Colaço.
 
Usando o software Plagius, que analisa e compara textos e documentos já existentes, o resultado foi uma vergonha para o socialista.  De tudo que Arnaldo Colaço disse serem propostas extraídas de audiências públicas realizadas no município, 64,77% foi copiado irresponsavelmente da Internet.
 
O programa que analisa cópias ilegais, aquelas onde o autor não é citado na fonte, ainda aponta que foram das cidades de Araióses, Rondônia, Alto Alegre e da própria São Bernardo de onde Colaço extraiu as suas “idéias”.
 
Descaradamente, o candidato apresenta em seu perfil no facebook a seguinte mensagem: “O nosso programa de governo foi construído coletivamente ao longo de 40 audiências públicas em todas as regiões de São José de Ribamar. Ouvimos quase 10 mil pessoas e o resultado é um programa onde a própria população decidiu o que o prefeito deve fazer”.
 
Há quem possa interessar, a distância entre São José de Ribamar e São Bernardo do Campo é de pouco mais de 3.000 km. A região metropolitana de São Paulo possui a maior rede de metrô do Brasil, totalizando 65,3 km. Colaço promete no documento quase 50 vezes esse número.
 
A Rodoanel é uma autoestrada de 177 km, duas pistas e seis faixas construídas em torno do centro da região metropolitana de São Paulo.
 
Portanto, não causa “impacto” algum a nossa querida São José de Ribamar. Felizmente, né Colaço?
 
E no Plano Diretor da cidade balneária não existe nenhum bairro com o nome de Grande Alvarenga, Riacho Grande e Rudge – como dito anteriormente, eles estão localizados na cidade de São Bernardo do Campo.
 
Segundo Clodomir Martins, diretor do Instituto Prever Pesquisas e Consultoria Política, as boas idéias devem ser aproveitadas com coerência e responsabilidade.
 
No entanto, um candidato que copia um Plano de Governo da Internet e o apresenta como se fosse seu, além de não ter sequer o trabalho de lê-lo, não parece ter compromisso com o povo, é irresponsável e desonesto.
 
Colaço, cujo slogan da campanha é “A Mudança Tem Nome”, sugere indiretamente, como uma piada sem graça, que os ribamarenses se mudem mesmo é para São Bernardo do Campo.
 
Olhe o plano de governo na íntegra em:
obs: basta procurar por São José de Ribamar, o candidato Arnaldo Colaço e baixar as suas propostas de governo.
 
Veja de onde Arnaldo Colaço copiou:
Fonte:Redação/R+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!