Tadeu Palácio reafirma candidatura



 (GILSON TEIXEIRA/OIMP/D.A PRESS)
Em entrevista coletiva, na manhã desta segunda-feira (11), o ex-prefeito Tadeu Palácio confirmou que tentará retornar ao Palácio de La Ravardiére. Tadeu afirmou que seu compromisso era não ser candidato se Flávio Dino fosse. Mas sem a candidatura de Dino e percebendo que seu nome tinha vantagem  em todas as pesquisas, manteve a candidatura.

Tadeu afirmou que dos quatro critérios elencados pelo grupo, todos eram favoráveis a ele. No diálogo com os candidatos, na agregação política, por acreditar que agrega mais legendas, nas pesquisas quantitativas, onde liderava todas sem Flávio Dino, e nas qualitativas, onde afirmou que boa parte da população quer uma mudança na administração mais segura e moderada, sendo o seu nome o preferido.

Tadeu ainda acredita que terám o apoio de Flávio e edivaldo em um possível segundo turno onde pretende estar. "Não estou desagregando. Estou lançando meu nome por acreditar que houve um eqívoco na decisão do PCdoB. Mas equívocos podem ser consertados. Eu tenho certeza que terei o Flávio e o Edivaldo Júnior no meu palanque, caso chegue no segundo turno", afirmou o candidato, acreditando que polarizará a disputa com o prefeito João Castelo.

Questionado também sobre uma possível aliança com o grupo Sarney, Tadeu negou veementemente a possibilidade e ainda lembrou a eleição de 2008, quando Flávio Dino foi acusado de uma aliança com o grupo da governadora. 
de o imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!