Tijupá Queimado ganha nova Escola Municipal Acto Juvêncio


Além da construção da unidade de ensino, foi assinada ordem de serviço para a implantação de um poço artesiano no Parque Jair.
http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto

Outras imagens

http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/Foto
Os moradores do bairro Tijupá Queimado, localizado no município de São José de Ribamar, estão em festa. Durante solenidade realizada neste último fim-de-semana, foi assinada ordem de serviço autorizando o início da obra de construção da nova Escola Municipal Acto Juvêncio.

Também neste fim-de-semana, a prefeitura ribamarense autorizou a construção de um poço artesiano que servirá aos moradores do bairro Parque Jair.

A Acto Juvêncio é 31ª unidade pública de ensino construída pela prefeitura ao longo dos últimos sete anos. Em pouco mais de um ano, é importante destacar, o governo municipal já implantou, utilizando recursos próprios do município, quatro novas Escolas Municipais – Escola Municipal Liceu Ribamarense II (no bairro Parque Jair), Escola Municipal Raimundo Rocha Leal Júnior (na Vila Tamer), Escola Municipal do Residencial Olímpico (no Residencial Olímpico) e Escola Municipal do Alto do Turu (no Alto do Turu) – ampliando a oferta na rede municipal de ensino em mais de 1.500 novas vagas.

Também construída com recursos próprios da prefeitura, a Escola Municipal Acto Juvêncio terá capacidade para atender 300 alunos, nos turnos matutino e vespertino, distribuídos no Ensino Fundamental e Educação Infantil. Possuirá ótima infra-estrutura (quatro salas de aula; sala de multiuso climatizada, com biblioteca e computadores interligados a Internet; sala de professores, secretaria, cozinha industrial, estacionamento, dentre outras), que atende a todos os padrões de qualidade estabelecidos pelo Ministério da Educação.

A unidade de ensino será construída no mesmo terreno onde funcionava o prédio antigo da Escola Municipal que servia o bairro e a previsão é de que a obra seja concluída num prazo máximo de 270 dias. “O Tijupá Queimado existe há quase 20 anos e foi somente a partir de 2005 que começou a receber a atenção do poder público de Ribamar. Nós, moradores, temos a certeza que mais benefícios serão trazidos para o bairro”, avaliou a dona-de-casa Rita Medeiros, moradora do Tijupá Queimado.

Já o poço artesiano, que também está sendo implantado com recursos próprios do município, será interligado ao sistema de abastecimento d´água do Parque Jair, construído pela prefeitura ribamarense e que, hoje, está sob a responsabilidade da CAEMA, com o objetivo de melhorar o oferecimento de água de qualidade aos moradores do bairro.

“O diferencial da atual administração municipal é que ela não promete. Ela assume compromissos e, com muita seriedade e transparência, os cumpre. É por isso que os moradores do Tijupá, Parque Jair e demais bairros ribamarenses aprovam esta administração”, disse o líder comunitário Moíses Gama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!