Principal acusado de matar advogada Geysa é preso em Açailandia

O Thiago de Sousa de 26 anos foi preso no Posto da Policia Rodoviária em Piquiá, região de Açailandia. Ele vinha sendo procurado pela polícia desde o final do ano passado, quando a sua prisão foi decretada.
A policia ainda tentou agarrá-lo em uma fazenda em Lago da Pedra mais conseguiu fugiu. Ele estava em uma camionete que facilitou a sua identificação no posto policial.
Thiago e sua namorada Vanessa Matos de 20 anos foram apontados como os autores do crime. Eles foram identificados por meio de imagens de câmeras instaladas na rua da casa da vítima. No dia do assassinato Thiago e Vanessa teriam seguido a advogada em um veículo Pálio de cor prata e placa NXE-7030.
A advogada foi encontrada morta sem os documentos e seu carro, um Corsa Hatch de cor preta e de placa NHL-2808, com perfurações de faca na área do pescoço e tórax na praia de Panaquatira, em São José de Ribamar.
A advogada Geysa Rocha Pires morava com suas tias idosas na Rua B, quadra H na casa 73, no Jardim Alá, Olho D’água, de onde desapareceu na noite de 19 de novembro do ano passado. Ela trabalhava em um escritório de advocacia, que presta serviços terceirizados para a Companhia Energética do Maranhão – Cemar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TV METROPOLITANA 58 E TV ALTERNATIVA 35

Participe de nossa programação envie sua sugestão de pauta ou denuncia para 98 981913020 Whatsapp.