Fundador do Megaupload é preso


O fundador da Megaupload, Kim Schmitz, ou Dotcom, como é conhecido, acusado pelos Estados Unidos de dirigir o maior portal de pirataria na internet, é descrito como um milionário extravagante.
Ele foi preso na quinta-feira (19) ao lado de executivos do site na Nova Zelândia a pedido do FBI. A acusação alega que o Megaupload deu aos detentores de direitos autorais mais que US$ 500 milhões em prejuízo por facilitar a pirataria de filmes e outros tipos de conteúdo. O site foi tirado do ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!