Segundo denúncias, Elias Orlando e Júnior do Mojó estariam fora do estado




Considerados foragidos pela Superintendência de Policia Civil da Capital (SPCC), Elias Orlando e o vereador de Paço do Lumiar Edson Arouche Júnior, o 'Júnior do Mojó', continuam sendo procurados pela morte do empresário Marggion Lanyere Andrade, encontrado morto dia 15 de outubro.

Segundo o delegado Carlos Damasceno, que investiga o caso, há denúncias de que os dois foragidos estejam fora do estado. "Há inúmeras denúncias sobre o paradeiro dele. A maior parte delas é de fora do estado, sobretudo Rio de Janeiro e Ceará", disse Damasceno, que também afirmou que todas as pistas estão sendo investigadas.

O delegado informou ainda que está em andamento o inquérito sobre as fraudes na compra e venda de lotes no Araçagi, esquema do qual os dois acusados pelo assassinato de Marggion Lanyere faziam parte. Para agilizar as investigações foi montada uma comissão de quatro delegados, coordenada por Carlos Damasceno, que está verificando cada caso de fraude isoladamente. "Já temos mais de 100 casos de fraudes para investigar. Os trabalhos da comissão não têm data para acabar", destacou o delegado.

fonte: o imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!