Disque Denúncia dobra valor por informações do paradeiro de assassino


O Disque Denúncia dobrou o valor ofertado para R$ 2 mil, por informações que levem ao paradeiro de Edijane da Mota, de 42 anos, que na última segunda-feira (14), assassinou a esposa Raimunda de Assis, com de 11 facadas. O número de registros na Central Disque Denúncia chegou a dez, mas nenhuma levou ao paradeiro do acusado.

Qualquer informação sobre o acusado pode ser informada ao Disque Denúncia através dos telefones (3223 5800 – capital e 0300 313 5800 – interior). A ligação é anônima e a Central funciona 24 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie!