sexta-feira

Apartir de Domingo todos os números de celulares do Maranhão passaram a ter o digito 9

Essa é a solução encontrada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por conta do esgotamento de novas combinações numéricas.Todos os números de celulares no Maranhão ganharão o número ‘9’ à esquerda a partir deste domingo (2). Com isso, todas as combinações numéricas particulares em cada celular passarão a ter nove números e não mais oito. Com isso o formato passará a ser 9xxxx-xxxx. Além disso, outros estados do Norte devem aderir a essa mudança também.Essa é a solução encontrada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por conta do esgotamento de novas combinações numéricas. Agora ela precisa pôr o número 9 à esquerdaNo período de 2 a 11 de novembro, discagens feitas com apenas oito dígitos ainda serão completadas normalmente, para adaptação das redes e dos usuários. Todos que forem fazer uma ligação para um celular, seja de um telefone fixo ou móvel, deverá acrescentar o dígito 9 antes do número antigo. A partir do dia 12 de novembro, os usuários que esquecerem de incluir o número 9 ouvirão uma mensagem indicando a mudança. Deste dia em diante, as ligações podem ser completadas ou não, dependendo do critério adotado por cada uma das operadoras.Além do Maranhão, os estados do Amapá, Amazonas, Pará e Roraima também ganharão dígito a mais. A alteração já aconteceu nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A expansão para o restante do país, também, tem como objetivo padronizar as discagens para telefonia móvel e para a ativação de mais linhas em regiões com muitos habitantes.

quinta-feira

ROMÁRIO SUGERE QUE ESTUDO A CONSTITUIÇÃO VIRE MATÉRIA ESCOLAR

Um Projeto de Lei apresentado pelo deputado federal Romário (PSB-RJ), sugere que todos os jovens na idade escolar, tenham como matéria curricular o estudo a Constituição do País. Dificilmente este Projeto será aprovado, seria o fim dos maus políticos. Se todos os jovens já crescessem tendo conhecimento da Constituição e sabendo dos seus direitos, não teríamos adultos sendo ENGANADOS como crianças!

MINISTRO É CHAMADO A EXPLICAR FEDERALIZAÇÃO DA CELG

A Comissão de Agricultura da Câmara aprovou nesta quarta-feira (29/10) a convocação do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para que explique a venda de 51% das ações das Centrais Elétricas de Goiás (Celg) à Eletrobrás.

Para o autor do requerimento, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), a federalização da companhia pode provocar prejuízos aos cofres públicos goiano e “impactar negativamente a distribuição de energia” no estado.

Caiado questiona o valor pago pelo governo federal para aquisição da companhia energética goiana. “O negócio, concluído de forma açodada, se depara com outro grave problema: o de avaliações muito divergentes feitas a respeito do patrimônio da Celg”.

Ele explica que “enquanto para a consultoria Delloite Brasil a empresa vale pífios R$ 400 milhões, estimativas feitas pela Universidade Federal de Goiás calculam o patrimônio da Celg em R$ 6,5 bilhões”.

Com a convocação, o ministro Edison Lobão é obrigado a comparecer à comissão em uma data a ser marcada. Os membros do colegiado aprovaram também requerimento para audiência pública com a participação do ministro da Agricultura, Neri Geller.

É para esclarecer a decisão do ministério de contratar o laboratório federal Lanagro, em Minas Gerais, para realizar as provas de controle de qualidade das vacinas contra a febre aftosa. Antes, o teste era feito no laboratório Gaúcho.

terça-feira

QUEM NÃO VOTOU E NEM JUSTIFICOU, DEVE PROCURAR CARTÓRIO ELEITORAL






O eleitor que não pôde votar nestas eleições e não justificou a sua ausência no mesmo dia do pleito tem prazo de 60 dias, após a data da votação, para apresentar justificativa ao juiz em qualquer cartório eleitoral.

A justificativa é válida somente para o turno em que o eleitor não compareceu. Assim, se o eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno da eleição, terá de justificar sua ausência para cada turno, separadamente, obedecendo aos mesmos requisitos e prazos para cada um deles.

Para justificar a ausência, o eleitor deve apresentar o Requerimento de Justificativa Eleitoral pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo, via postal, ao juiz da zona eleitoral onde é inscrito, juntamente com a documentação comprobatório da impossibilidade de comparecimento ao pleito, para que o juiz eleitoral a examine.

Impedimentos

Sem o comprovante de votação, ou de quitação de suas obrigações eleitorais, o eleitor fica impedido de exercer alguns direitos, tais como: inscrever-se em concurso público; ser empossado em cargo público; obter carteira de identidade ou passaporte; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial; obter empréstimos em bancos oficiais; e participar de concorrência pública ou administrativa.

Quem não votar em três eleições consecutivas - considerando cada turno uma eleição – e não justificar sua ausência terá sua inscrição eleitoral cancelada.

Essa regra não se aplica aos eleitores para quem o voto é facultativo - analfabetos, os que têm 16 e 17 anos, e os maiores de 70 anos - e aos portadores de deficiência física ou mental para os quais se torne impossível ou demasiadamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.

Eleitor no exterior

O brasileiro que estava no exterior no dia do pleito tem até 30 dias, contados de seu retorno ao Brasil, para justificar a ausência no cartório eleitoral.

domingo

ATRIZ CLAUDIA ALENCAR TEM CRISE DE CHORO NA URNA " ESSE PAÍS SÓ TEM LADRÃO"




VOTAÇÃO ENCERRADA EM 22 ESTADOS E NO DF

A partir das 17h de Brasília, Estados de MS, GO, RS, RJ e DF já divulgarão resultados

A votação já se encerrou em 22 Estados e no Distrito Federal às 17h (horário local). Por causa do horário de verão, que começou no último domingo (19), os Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste estão uma hora à frente de outras localidades do País e fecharam as urnas às 17h de Brasília.

Às 18h de Brasília, os Estados do Nordeste, além de Tocantins, Pará e Amapá chegaram às 17h locais e também encerraram as urnas.

Em Roraima, Rondônia e na maior parte do Amazonas, a diferença atualmente é de duas horas a menos em relação ao horário oficial. O Estado do Acre e parte do Amazonas têm três horas a menos em relação a Brasília.

Por causa dessa diferença de três horas, o resultado das eleições presidenciais só será divulgado às 20h, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Os resultados de pesquisas de boca de urna para presidente também só poderão ser tornados públicos a partir das 20h.

Mesmo com o horário de verão, o período de votação não é alterado, ou seja, permanece das 8h às 17h, obedecendo sempre ao horário local. Os resultados do segundo turno para governador nos 13 Estados e no Distrito Federal começarão a ser divulgados logo após o término da votação em cada Estado (17h, pelo horário local).


com informação do r7

EM MEIO A TUMULTO, AÉCIO VOTA EM ESCOLA QUE DILMA ESTUDOU EM B







Tumulto durante a votação do candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) deixa quebrados os vidros da escola estadual Governador Milton Campos, no bairro de Lourdes, região centro-sul de Belo Horizonte (MG). Pelo menos duas pessoas tiveram ferimentos leves

O senador e candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) votou por volta de 10h30 na escola estadual Governador Milton Campos, no bairro de Lourdes, região centro-sul de Belo Horizonte. A presidente e adversária de Aécio Dilma Rousseff (PT) estudou e iniciou sua militância política na escola.

Aécio estava acompanhado da mulher, Letícia Weber, que vota no mesmo colégio, e do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB). Houve muito tumulto durante a votação do presidenciável. O vidro da seção eleitoral foi quebrado durante o empurra-empurra entre profissionais de imprensa. Um cinegrafista chegou a se cortar.

O candidato cumprimentou duas vezes cada um dos mesários --todos usavam roupas azuis--, gastou cerca de oito segundos na cabine de votação e posou para fotos com a mulher. Antes de votar, declarou-se tranquilo. "Dormi bem. Estou tranquilo."

Após votar, Aécio deve conceder uma entrevista coletiva. Depois, irá para seu apartamento na capital mineira.
Aécio fala em campanha "sórdida"

Em entrevista coletiva após ter votado, Aécio afirmou ter sido vítima da "mais sórdida campanha já feita" por suas adversários. O tucano afirmou que está confiante, mas se se "considera um vitorioso" independente dos resultados das urnas.

Aécio também criticou as pesquisas eleitorais recentes, que colocam Dilma Rousseff como favorita. "No primeiro turno elas falharam muito. Querendo ou não exerce uma certa influência no voto", disse. "Vamos dar a eles uma chance a mais de acertarem", disse, referindo-se ao segundo turno. 



Vinícius Segalla/UOL

sábado

AÉCIO ENCERRA CAMPANHA VISITANDO TÚMULO DO SEU AVÔ TANCREDO

No último dia de campanha, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, visitou hoje (25) túmulo de seu avô materno, o ex-presidente Tancredo Neves, na Igreja de São Francisco de Assis, em São João Del Rei. Antes, acompanhado da esposa e dos dois filhos bebês, o candidato concedeu entrevista à imprensa na casa onde Tancredo morou. Ele agradeceu o apoio de eleitores nos últimos meses e disse que já se sente um vitorioso pela caminhada que fez.

“Encerro essa caminhada onde tudo começou para mim: em São João Del Rei, na casa do meu avô, e trazendo, depois de 30 anos, os mesmos valores com os quais comecei essa caminhada. A mesma fé cristã que sempre me acompanhou e a mesma confiança de que a política feita com dignidade, com responsabilidade, com amor ao próximo, é uma atividade extremamente digna e insubstituível”, disse.

Em São João Del Rei, Aécio visita túmulo de Tancredo e encerra campanhaIgo Estrela/Divulgação Coligação Muda Brasil

Aécio voltou a dizer que tem confiança na vitória. “Estamos prontos para vencer as eleições e dar ao Brasil um governo decente, um governo honrado, um governo generoso, um governo que não trate o adversário como um inimigo a ser abatido a qualquer custo.”

O candidato disse que amanhã (26) aguardará o resultado com “muita serenidade” ao lado da família, em Belo Horizonte. Em relação às pesquisas eleitorais, que deram resultados bem diferentes, Aécio disse que os institutos “vão ter que se reciclar, vão ter que tentar compreender internamente o que aconteceu, porque os erros foram grosseiros em todo o primeiro turno, até para se qualificar um pouco mais para as outras eleições”.

Aécio disse que não se desesperou quando as pesquisas o colocaram atrás de sua adversária nem se iludiu quando o colocaram à frente, mas se mostrou otimista. “O que eu chego é vivo, porque tenho uma pesquisa muito própria, que é o que eu estou vendo pelo Brasil. Eu não tenho um instituto, mas tenho a percepção, a sensibilidade para saber que estamos vencendo. Estamos crescendo em todas as regiões do Brasil. E acho que podemos vencer com uma margem surpreendente.”

 




 O candidato ressaltou que a morte de Eduardo Campos, que concorria à Presidência pelo PSB no primeiro turno, foi o pior momento da campanha. “Era óbvio que eu transferisse para mim também a possibilidade daquela tragédia”, disse, ao acrescentar que demorou um tempo para se recuperar e teve de ficar firme para mostrar a mesma determinação.

Aécio também agradeceu o apoio de Marina Silva, a quem chamou de “amiga”, e Renata Campos, viúva de Eduardo, que declararam apoio ao tucano no segundo turno. Quanto ao ataque à sede da Editora Abril, que teve a faixada depredada na noite de ontem, o candidato os chamou de “atentado contra a democracia e a liberdade e expressão” e “que deve receber o repúdio de todos os brasileiros da forma mais veemente possível”. Após o compromisso político em São João Del Rei, Aécio seguiu para Belo Horizonte, onde votará amanhã por volta das 10h. Ele não tem mais compromissos políticos hoje.