quarta-feira

Prefeito Josemar empossa novos servidores municipais de Paço do Lumiar


Prefeito Josemar empossou 181 novos servidores aprovados no concurso público municipal realizado em outubro
O prefeito de Paço do Lumiar, professor Josemar Sobreiro (PR) empossou na tarde desta terça-feira (24), 181 novos servidores, referente à primeira convocação de aprovados no concurso público municipal realizado em outubro de 2014.
A solenidade realizada no auditório da Unidade Integrada Ministro 
Henrique de La Roque, no Maiobão, contou a presença da equipe de governo e vereadores.

Os servidores ocuparão cargos efetivos de nível superior, médio e fundamental nas pastas da Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, e têm o prazo de até 15 dias para se apresentarem nas respectivas secretarias.

A pedagoga Diana Régia, 33, agradeceu ao prefeito Josemar pela iniciativa da atual gestão, com a efetivação do concurso público para áreas importantes na Educação. “É um compromisso que nos torna de fato valorizados e nos faz sentir conscientes do nosso dever perante a sociedade que necessita da nossa habilidade para o desenvolvimento educacional”, disse.


Ao lado do prefeito Josemar Sobreiro, nova servidor exibe termo de posse

Durante o ato, o prefeito Josemar Sobreiro ressaltou a importância do momento para os profissionais e para o serviço público, uma vez que, o incremento dos recursos humanos tem por objetivo atender com mais eficiência a população luminense. “Que nós possamos ter servidores cientes de suas responsabilidades e, acima de tudo, comprometidos com a população de Paço do Lumiar, promovendo um atendimento cada vez mais humanizado em todos os segmentos”, pontuou Sobreiro.

De acordo com a odontóloga Adryanne Portilho, a convocação dos aprovados em tempo hábil mostrou a preocupação da Prefeitura com os munícipes, e o respeito para com os profissionais aprovados. “Foi um concurso muito concorrido. Espero contribuir muito com o Paço do Lumiar”, contou a servidora, que ressaltou ainda a inciativa do prefeito Josemar em garantir que bons profissionais trabalhem no seu município.

O concurso de Paço do Lumiar ofertou vagas para 69 cargos. A maior demanda do concurso está na área da Educação, para professores especialistas em educação infantil, ensino fundamental, e atendimento de pessoas com deficiência, e na Saúde, para agentes comunitários de saúde e de combate de endemias, especialidades médicas e enfermeiros.

com informações de Daniel Matos

terça-feira

Gil Cutrim vai pedir o desbloqueio de seus bens



O prefeito do município de São José de Ribamar, Gil Cutrim, se pronunciou respeito da informação, divulgada pelo Ministério Público Estadual acerca de decisão judicial, expedida liminarmente pelo juiz Jamil Aguiar da Silva, bloqueando os seus bens.

Cutrim informou que, até o momento, não foi notificado oficialmente sobre a referida liminar e que já determinou à sua assessoria jurídica que tome conhecimento do processo no sentido de adotar as devidas providências.

O prefeito voltou a ratificar a total legalidade do processo licitatório – objeto de ação movida pela 1ª Promotoria de Justiça Cível da cidade – para contratação de empresa que concluiu a construção da arquibancada coberta do Estádio Municipal Dário Santos, um sonho antigo dos desportistas ribamarenses e que se tornou realidade ano passado.

A contratação da empresa Blume Engenharia LTDA, de acordo com o gestor, ocorreu seguindo todos os prazos estabelecidos pelo Código de Licitações e Contratos do Estado do Maranhão.

O edital da licitação foi publicado no Diário Oficial do Estado, página 04 (publicação de terceiros), no dia 04 de novembro de 2013, sendo também publicado no Jornal A Tarde, veículo de circulação diária, e informado no site do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/Ma) no dia 05 de novembro de 2013. O processo licitatório ocorreu no dia 06 de dezembro de 2013.

De acordo com Cutrim, o decreto estadual nº 28790/12 estabelece no seu artigo 11, inciso III, dez dias úteis para abertura do certame, contados a partir da data de publicação do edital. A prefeitura concedeu um prazo de vinte e dois dias para entrega das propostas. Ou seja, doze dias a mais do que o estabelecido em lei.

O prefeito finalizou ressaltando que o edital do processo licitatório foi adquirido por mais duas grandes empresas, além da Blume Engenharia, o que demonstra que a publicidade dada ao certame despertou interesse de outras empresas.



Com informações de Oimparcial

Luis Fernando vem sendo o mais cobiçado do momento para disputar a prefeitura de São José de Ribamar.



O nome do ex-secretário de Infraestrutura, Luís Fernando, é o mais cotado para sucessão municipal de 2016 em São José de Ribamar.

O ex-secretário de Infraestrutura, Luís Fernando (sem partido), não para de receber convites de partidos aliados da base do governador Flávio Dino (PCdoB). Inicialmente PSB e PSDB manifestaram desejo de contar com o economista, logo após foi o PCdoB e agora foi a vez do PDT.

Na última semana, o deputado federal Weverton Rocha, esteve reunido com o ex-prefeito de São José de Ribamar e oficializou o convite. Mais uma vez, Luís Fernando ouviu a proposta, mas não deu nenhum posicionamento.

Praticamente decidido a disputar mais uma vez a prefeitura de São José de Ribamar, e com o apoio do governo do estado Luís Fernando deve aguardar mais um pouco ou esperar o prazo final para a sua decisão. Apesar de não anunciar qual será sua futura legenda, para alguns analistas políticos o acerto será o PSDB é o partido que parece mais próximo no momento, e as conversas estão bastante adiantadas.

O ex - prefeito de São José de Ribamar, está a um passo a frente de seus adversários e mostra mais uma vez sua habilidade no campo político. 

Passageiro morre no Maranhão após passar mal em voo da Gol


Homem passou mal e chegou a ser atendido, mas não resistiu.
Voo saiu da cidade de São Paulo com destino a São Luís.

Passageiro morre no Maranhão após passar mal em voo da Gol (Foto: Danilo Quixaba)
Passageiro morre no Maranhão após passar mal em voo da Gol (Foto: Danilo Quixaba)
Em nota, a Gol confirmou a morte do passageiro e disse que prestou toda a assistência.
"A GOL Linhas Aéreas Inteligentes informa que um de seus clientes do voo 1902, que fazia o trajeto São Paulo (GRU) até São Luís, no Maranhão, nesta madrugada (24/2), passou mal chegando em seu destino.

A companhia prestou imediatamente toda a assistência ao cliente no local e solicitou presença do médico do aeroporto logo após o pouso, mas, infelizmente, antes de ser levado a um hospital, foi constatado o falecimento deste passageiro.

Um homem de 49 anos, que não teve o nome divulgado, morreu durante o voo 1902 da empresa Gol, que saiu da cidade de São Paulo para o Maranhão na madrugada desta terça-feira (24). Segundo familiares, que não quiseram se identificar, o homem sofria de câncer em estado terminal e foi autorizado por médicos a realizar a viagem. Ele estava acompanhado de dois familiares que moram na capital maranhese.
Segundo passageiros, o homem passou mal e foi atendido por um médico ainda dentro da aeronave, mas não resistiu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e liberado para a família. 
A aeronave seguiria para a cidade de Imperatriz e, em seguida, para Brasília, mas os voos foram cancelados.
O cliente, que estava acompanhado de dois familiares, foi transportado seguindo todos os padrões e critérios de segurança, com autorização médica, portando o documento Medif – formulário de informações médicas para viagens aéreas, e teve todo o suporte da empresa durante o trajeto.
A GOL lamenta o ocorrido e se solidariza com os familiares pelo ocorrido."
com informações do g1

Estádio Dário Santos: Justiça bloqueia os bens do prefeito Gil Cupim

Pupilo de Luis Fernando Silva teve os bens bloqueados pela justiça estadual.
A pedido do Ministério Público do Maranhão, justiça estadual bloqueou bens do prefeito Gil Cutrim por irregularidades na reforma do estádio Dário Santos.
A pedido do Ministério Público do Maranhão, o Poder Judiciário determinou, no dia 12 de fevereiro, o bloqueio dos bens do prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim. A decisão liminar atinge, ainda, o secretário municipal de Obras, Habitação e Serviços Públicos (Semosp), André Franklin Duailibe da Costa; os membros da Comissão Central de Licitação, Freud Norton Moreira dos Santos (presidente), Cláudia Regina Furtado Vieira e Gissele Chaves Baluz; além da Blume Engenharia LTDA e dos proprietários da empresa, Rafael Blume de Almeida e Antônio Blume de Almeida.
Os bens de cada um dos acusados foram bloqueados até atingir o valor de R$ 1.887.985,86. O montante é referente ao prejuízo causado aos cofres públicos pela fraude na contratação da construtora Blume Engenharia LTDA, em dezembro de 2013, para a execução das obras da arquibancada coberta e área de apoio do Estádio Dário Santos.
Segundo a promotora de justiça Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça, autora da Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa, o Município de São José de Ribamar firmou convênio com a Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) visando à realização da obra.
O edital da concorrência foi publicado no dia 1º de novembro de 2013, por meio de um periódico de baixa circulação, o jornal A Tarde, e em letra com corpo 5, que é bastante reduzida e só pode ser lida com o uso de lupa.
Direcionamento da licitação
Com a divulgação restrita, apenas a Blume Engenharia LTDA se inscreveu no certame. “Isso demonstrou a necessidade de deflagrar novo processo licitatório, proporcionando ampla concorrência. Mesmo assim, nada foi feito, ferindo os princípios da impessoalidade e da competitividade”, afirmou Elisabeth Mendonça.
Ainda de acordo com o Ministério Público, o edital não foi publicado no Diário Oficial do Maranhão. Além disso, não existe parecer jurídico sobre a minuta do edital de licitação e procedimentos administrativos adotados. Também foi detectada a ausência de portaria designando os responsáveis pela fiscalização, acompanhamento e gestão dos contratos; inexistência de Relatório Diário de Obra, atestando o acompanhamento dos trabalhos pelo técnico responsável, técnico residente e fiscal de obra; e falta de comunicação sobre o convênio à Câmara Municipal, conforme estabelece a Lei 8.666/93.
“Percebe-se, nitidamente, que os requeridos sequer tiveram o trabalho de disfarçar as fraudes. Ao contrário, fraudaram a licitação, talvez acreditando na certeza da impunidade. Não houve licitação, mas apenas um simulacro para premiar a empresa Blume Engenharia”, declarou a representante do MPMA.
Na decisão, o juiz titular da 1ª Vara Cível de São José de Ribamar, Jamil Aguiar da Silva, destaca que, pela documentação apresentada pelo MPMA, há fortes indícios de fraude, pois “o próprio edital encontra-se eivado de irregularidades, contrariando as disposições previstas na Lei 8.666/93, além de impedir/dificultar a participação de outras empresas no certame”.

quinta-feira

Fracassa tentativa do PMDB de criação de Bloco com PV





Apesar de ainda ter grandes problemas internos e arestas a serem aparadas dentro do PMDB, alguns peemedebistas tem tentado nos últimos dias a criação de um Bloco Parlamentar forte na Assembleia Legislativa.

Os peemedebistas que ainda nutrem a esperança de viabilizar uma via alternativa contra a candidatura, até o momento única, de Humberto Coutinho (PDT) à presidência da Assembleia Legislativa, tentaram atrair o PV para esse Bloco, que, dependendo da articulação, poderia até apresentar uma chapa para a eleição da Mesa Diretora, pois somente as duas legendas juntas já teriam oito deputados, quatro de cada partido.

No entanto, com a disputa interna e a consequente indefinição do PMDB, o PV não demonstrou muito interesse em embarcar nessa aventura e tende a tomar outro caminho.

O PV deve aceitar o convite formulado pelo deputado Rogério Cafeteira (PSC), que vai articulando a composição de um Bloco Parlamentar com aproximadamente seis partidos e que poderia ter entre 12 e 14 parlamentares.

O Bloco, ainda sem nome, com essa composição seria o segundo maior da Casa, perdendo apenas para o Blocão do Governo. Com essa formação, o Bloco conseguiria, pela proporcionalidade, ocupar espaços interessantes na nova Mesa Diretora.

Esse Bloco apoiaria a candidatura de Humberto Coutinho a presidência da Assembleia, mas respeitaria a independência de alguns deputados com relação a gestão Flávio Dino no Governo do Maranhão.

Já o PMDB, com as disputas internas, tende a um isolamento natural no parlamento maranhense.

com informações de jorge aragao