domingo

Padre italiano é ameaçado após denunciar trabalho escravo

Marcos Bassani registrou a denúncia em sua coluna no blog Grajaú de Fato; o missionário reside no Estado do Maranhão desde 2002

Do Brasil de Fato 

O padre missionário italiano Marcos Bassani foi ameaçado por um fazendeiro em sua própria residência após ter feito uma denúncia de trabalho escravo na região de Alto Brasil, no Maranhão (MA). O texto foi publicado em sua coluna no blog Grajaú de Fato. Bassani reside em Alto Brasil e presta serviços à Diocese de Grajaú (MA).De acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), o padre não teve a intenção de caluniar ou difamar ninguém, mas apenas denunciar “essa prática atroz, criminosa e mediévica que ceifa vidas e desconstrói sonhos e esperanças de pessoas que vendem sua força de trabalho para conseguir melhores condições de vida para si e para a família.”Bassani registrou a ocorrência e “espera que tudo se resolva o mais rápido possível da melhor forma.”O missionário reside no Estado do Maranhão desde 2002, quando chegou ao Brasil para assumir a paróquia de Dom Pedro. Além disso, também prestou serviço social em defesa dos marginalizados da região em prol da redução das desigualdades sociais.

sábado

DOIS POLICIAIS MILITARES E UM ASSALTANTE MORREM EM TENTATIVA DE ASSALTO EM MOCAJITUBA PAÇO DO LUMIAR




Dois policiais militares e um assaltante morreram em confronto durante uma tentativa de assalto, na manhã deste sábado(22), na rodovia de acesso ao Porto do Mocajituba, em São José de Ribamar. Os policiais mortos são Johnny David Chapui Araújo e José Davi Sousa Du Vale, que ingressaram na PM neste ano, lotados no Batalhão de Choque.





Soldado PM José Du Vale

Pelas informações de policiais, quatro PMs, que haviam deixado o plantão na manhã deste sábado, decidiram comemorar o nascimento do filho de um deles na residência de um familiar, na localidade Porto do Mocajituba. No momento em que um dos policiais saiu para comprar cervejas, chega um elemento pedindo água para, em seguida, anunciar um assalto, usando um revólver calibre 38. Ele queria levar a moto de um dos policiais. O soldado Du Vale se atracou com o assaltante e o matou a tiros. Em seguida, apareceram mais dois assaltantes que passaram a disparar contra os PMs, que não tiveram mais como reagir, pois apenas o policial Du Vale estava armado. Apenas o policial Oliveira conseguiu escapar do ataque dos assaltantes.


PM David Chapuí



O Cel. Ivaldo Barbosa, tio do policial Johnny Araújo, estava inconsolável, lamentando a morte de mais dois integrantes da corporação. Ele defende que a polícia volte a intensificar as ações de combate à criminalidade e espera que esses crimes não fiquem impunes. Johnny, que residia no Maiobão, deixa esposa e um bebê de poucos meses.


Os assaltantes ocupavam um veículo Celta, de cor branca, placa HJL-4746, que teria sido encontrado na região do Maiobão. Os assaltantes seriam moradores de São José de Ribamar. A polícia continua as operações para tentar capturar os outros integrantes do bando. Um deles teria sido baleado no tiroteio e pode dar entrada em alguma unidade de saúde da região metropolitana. A caçada aos fugitivos conta com o apoio do helicóptero do GTA.





Os coronéis Marco Antônio Alves e Raimundo Sá, comandante e subcomandante da PM no governo Flávio Dino, respectivamente, estiveram no local onde os dois policiais foram mortos. Em conversa com jornalistas, o Cel. Sá disse que é preciso aumentar as ações de combate à criminalidade e que espera que esses sejam os últimos policiais mortos por bandidos.

O assaltante que foi morto nessa tentativa de assalto teria saído do presídio de Pedrinhas havia poucos dias. Ele seria autor de três homicídio, mas estava em liberdade.





 

com informação de gilberto lima

sexta-feira

ASSALTANTES BONZINHOS ASSALTAM BRADESCO EM RIBAMAR

















Na manhã desta quinta – feira dia (20), as 10:10, três homens armados entraram calmamente na agência bancária do Bradesco localizada na Avenida Gonçalves Dias, no centro de São José de Ribamar e efetuaram o assalto de forma tranquila sem despertar muito atenção. Dois chegaram, renderam os dois vigilantes armados da agência, enquanto o terceiro arrecadou a renda.

Segundo o Capitão do SI-PM, os três homens sairam tranquilos após o roubo em uma moto sem deixa pista e foram bem educados, ofereceram água aos clientes, perguntaram se alguém estava passando mal e que todos ficassem tranquilos, pois ninguém seria roubado, apenas a agência.

Fugiram em rumo desconhecido, mas a polícia teve acesso as imagens no momento da ação dos bandidos e estão na busca dos assaltantes. Quanto ao valor, a polícia não informou números.

com informações de  Juciarllyson Wolff

Audiência pública discute plano de combate a enchentes, enxurradas e erosões em Presidente Dutra

Encontro será dia 01 de Dezembro e vai reunir população de todas as cidades da região

O Governo do Estado do Maranhão está promovendo um estudo inédito para elaboração do Plano Diretor da Bacia Hidrográfica do Mearim, que inclui audiências públicas em seis cidades do Estado, nos meses de Novembro (Grajaú, Buriticupu e Santa Inês) e Dezembro (Presidente Dutra, Trizidela do Vale e Vitória do Mearim). As audiências visam ouvir a população e obter detalhes e informações relevantes para a criação do Plano, que busca controlar as enchentes, enxurradas e erosões nas cidades abrangidas.

A cidade de Presidente Dutra é a próxima a receber a Audiência Pública regional, que será realizada no dia 01 de Dezembro, as 8h30, no Auditório Vinícius Torres – Edíficio Iracema.

O trabalho abrange 83 cidades maranhenses, onde vivem 2 milhões de pessoas, cerca de 32% da população estadual, e uma área de aproximadamente 99 mil km². Desses 83 municípios, 75 possuem registros de enchentes entre os anos de 1985 e 2014. A coordenação do trabalho é feita pela Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, com recursos federais. Nesta audiência de Presidente Dutra, participam os municípios de Dom Pedro, São José dos Basílios, Joselândia, Esperantinópolis, São Roberto, São Raimundo do Doca Bezerra, Santa Filomena do Maranhão, Tuntum, Capinzal do Norte e Poção de Pedras.

O secretário de Cidades, Fredson Froz: “O Plano vai propor intervenções estruturais e alternativas para diminuir as enchentes, melhorando a qualidade de vida e a segurança da população. Para isso, precisamos ouvir as pessoas, conhecer seus hábitos e necessidades''. O Plano está sendo executado a partir dos diagnósticos e com a participação da população nas audiências públicas nos municípios de Grajaú, Buriticupu, Santa Inês, Trizidela do Vale, Presidente Dutra e Vitória do Mearim. O trabalho busca detectar as principais dificuldades da população atingida pelos grandes impactos causados pelas chuvas, identificar as áreas mais suscetíveis às enchentes, enxurradas e erosões, além de discutir ações capazes de minimizar os efeitos decorrentes destas, diminuindo os prejuízos causados pelas cheias.Ao final do trabalho, serão propostas ações estruturantes necessárias, como obras para impedir enchentes e ações não estruturantes, como revitalização de áreas, cuidados com preservação do meio ambiente, correta destinação dos resíduos sólidos, adequação do uso e ocupação do solo, principalmente das áreas urbanizadas, e outras importantes ações.

Para o secretário das Cidades, Fredson Fróz, o estudo vai ajudar a priorizar os investimentos no setor. “O Plano vai propor intervenções estruturais e alternativas para diminuir as enchentes, melhorando a qualidade de vida e a segurança da população. Para isso, precisamos ouvir as pessoas, conhecer seus hábitos e necessidades. Será uma importante ferramenta de planejamento não só para o Estado, mas para os diversos órgãos federais e, principalmente, para os municípios da Bacia Hidrográfica do Mearim”, sustenta. O Plano deve ser concluído no primeiro semestre de 2015.

Fróz explicou ainda que as obras e ações para combater as cheias serão definidas a partir do Plano. “A população poderá propor desde mudanças na legislação de uso e ocupação do solo até medidas mais radicais, que envolvam a revitalização de certas áreas. Tudo isso constará no Plano Diretor da Bacia Hidrográfica do Mearim e será avaliado pelo Governo do Estado”, explica. “Por isso, é importante que a população participe das audiências públicas para elaboração do Plano”, conclui.

A MPB Engenharia, empresa contratada para elaborar o Plano, presta serviços há mais de 30 anos para empresas privadas e órgãos públicos em todo Brasil e tem como foco aliar o desenvolvimento econômico à preservação do meio ambiente.

Agenda das audiências públicas:

Município

Data

Hora

Local

Presidente Dutra

01/12

8h30

Auditório Vinícius Torres – Edíficio Iracema

Trizidela do Vale

03/12

8h30

Espaço Van Gogh Buffet

Vitória do Mearim

05/12

8h30

Centro Social da Paróquia

Campanhas de vacinação contra Pólio e Sarampo têm início neste sábado em Ribamar

Doses das vacinas estarão disponíveis em todas as unidades de saúde e em postos volantes instalados na cidade.  A Prefeitura de São José de Ribamar inicia neste sábado (22), dia D de Mobilização Nacional contra as Doenças, novas etapas das campanhas municipais de vacinação contra a Paralisia Infantil e Sarampo. Durante todo o dia, das 8h às 17h, doses da vacina estarão disponíveis gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde; Centros Municipais de Saúde Honório Gomes e Kiola Costa; Maternidade Municipal; além de postos volantes instalados em várias regiões da cidade. A partir de segunda-feira (24), as doses da vacina estarão disponíveis somente nas UBS da cidade. A meta da Secretaria Municipal de Saúde de São José de Ribamar é vacinar, nas próximas semanas, 12.651 crianças menores de 05 anos, das quais 1.308 crianças com idade variando entre 06 meses a 01 ano; e 11.343 com idade variando entre 01 a 04 anos. A Poliomielite é uma doença viral que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total. Apesar de também ser chamada de Paralisia Infantil, a doença pode afetar tanto crianças quanto adultos. Já o Sarampo é uma doença de elevada transmissibilidade, sendo que a transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas ao tossir, ao espirrar, ao falar ou respirar. O vírus pode ser transmitido de quatro a seis dias antes, ou até quatro dias após o aparecimento dos sintomas, sendo o período de maior transmissibilidade, dois dias antes e, dois dias após o início da doença.

quinta-feira

Prefeitura intensifica ações contra o transporte irregular de passageiros





Operação foi realizada na região do Centro, Anel Viário e Itaqui-Bacanga

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), realizou durante esta quinta-feira (20) mais uma ação de combate ao transporte irregular de passageiros, através da prática conhecida como táxi-lotação. A operação foi realizada na região do Centro, Anel Viário e Itaqui-Bacanga e contou com o apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal.

“Desde o dia 17 de outubro, a SMTT está realizando uma grande ação de disciplinamento do trânsito e do transporte em vários pontos da cidade. Nosso trabalho é para combater o serviço de transporte irregular de passageiros, taxi-pirata, taxi-lotação e várias outras irregularidades no trânsito”, explicou o secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros.

Na ação desta quinta-feira, foram apreendidos 19 carros que estavam sendo usados indevidamente para o transporte remunerado de passageiros. Desde o início da operação já foram apreendidos mais de 300 veículos por infrações diversas, sendo as mais comuns o transporte remunerado de passageiros sem licença e a direção de veículo não licenciado.

De acordo com a SMTT, para a prestação do serviço de transporte é necessária a autorização do poder municipal através da Secretária de Trânsito e Transportes. O condutor que for flagrado realizando o transporte remunerado de passageiros sem licença será autuado de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e poderá ter o veículo removido ou apreendido, além de perder pontos na carteira de habilitação.

Segundo o superintendente de Trânsito da SMTT, Nilson dos Santos, a operação no Centro foi concentrada no entorno da Praça Deodoro, mas será estendida a todo bairro com o reforço da fiscalização. “Essa operação acontece constantemente na cidade e a partir de agora será reforçada. Estamos intensificando as ações para inibir a prática do transporte irregular de passageiros”, ressaltou.


Carro usado em transporte irregular é rebocado durante a operação

A operação mobilizou 30 agentes de trânsito, 14 guardas municipais da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), 24 policiais militares, além do apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Civil. Segundo o subcomandante da Guarda Municipal, J. Morais, a ação integrada resguarda a competência de cada órgão e contribui para o cumprimento da legislação.

“Em ações como essa, a presença dos guardas municipais é imprescindível para manter a ordem nos pontos da operação. A Guarda Municipal está sempre dando apoio à operação na cidade”, relatou o subcomandante da Guarda Municipal, J. Morais.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)